Como alterar o Endereço Fiscal do MEI depois do cadastro

 Como alterar o Endereço Fiscal do MEI depois do cadastro

São Paulo, SP 16/6/2021 – Além do próprio endereço, é possível alterar outros dados no cadastro, como atividade principal, contatos, nome fantasia, forma de atuação, dentre outros.

Dentre as principais dúvidas que as pessoas ainda têm sobre endereço fiscal estão: o que é endereço MEI? Onde posso abrir o MEI? E se é possível abrir na própria residência.

Segundo os dados do Ministério da Economia, em 2020 o Brasil teve um recorde histórico, com registros de 3.359.750 empresas abertas. O número representa aumento de 6,0% em relação a 2019. Atualmente, o MEI indica 56,7% dos negócios ativos do Brasil e 79,3% das empresas abertas no ano de 2020, o que reforça a importância dos pequenos negócios para o país.


No entanto, mesmo com a popularidade deste tipo de empresa, há ainda muitas dúvidas sobre as regras e como fazer o registro. Dentre as principais dúvidas apresentadas estão: o que é endereço MEI? Onde posso abir o MEI? Posso abrir na minha residência?
Abaixo, há todas as informações que seja preciso sobre endereço MEI.

Qual endereço posso colocar ao alterar o MEI?
Apesar de se tratar de uma modalidade empresarial, o MEI é bastante utilizado por trabalhadores liberais que prestam serviços para outras empresas. Desse modo, é natural que estes profissionais trabalhem de casa, podendo ter vínculo freelancer com mais de um cliente.

Nesse caso, o microempreendedor individual poderá abrir a MEI no seu endereço residencial. Mas o que isso acarreta?

O endereço de uma empresa serve para receber correspondências, produtos etc. Mas só lembra-se das coisas boas. Caso tenha uma citação ou um oficial de justiça precise falar com o responsável da empresa, vai ser no endereço cadastrado que ele irá, ou seja no endereço residencial, o que é constrangedor ter essa visita em sua residência.

Pensando em como resolver isso, os coworkings criaram um produto chamado escritório virtual, que consiste em oferecer privacidade aos dados residenciais e também contemplam outras funcionalidades administrativas, conforme está apresentado nos itens a seguir:

Como alterar o endereço MEI?
O endereço MEI, assim como outros dados cadastrais do CNPJ, pode ser alterado pelo empresário. Através da página Empresas & Negócios, no site do Governo Federal, o empreendedor tem acesso a todos os serviços e solicitações da empresa.

Além do próprio endereço, é possível alterar outros dados no cadastro, como atividade principal, contatos, nome fantasia, forma de atuação, dentre outros. Porém, para acessar o sistema é preciso obter um código de acesso, emitido pela Receita Federal no portal Simples Nacional.

Ademais, ressalta-se que, quando há mudança de município no cadastro do MEI, é preciso também fazer as mudanças junto às respectivas prefeituras. No mais, o passo a passo a seguir mostra como alterar o endereço MEI:

· Acesse o site do Simples Nacional, informe o CNPJ, CPF do responsável, título eleitoral e data de nascimento;
· Após informar estes dados, digite o código da imagem e clique em “Continuar”. Na tela a seguir, o site informará o código de acesso. Este código é permanente;
Com o código de acesso, acesse o site Empresas & Negócios https://www.gov.br/empresas-e-negocios/pt-br, clique no item “Empreendedor”, depois “Já sou MEI” e em seguida no ícone “Atualização Cadastral de MEI”;
Na tela seguinte, clique no botão “Solicitar”;
Após isso, insira o login e senha do portal gov.br e informe o código de acesso;

Pronto, agora basta efetuar as mudanças necessárias e confirmar ao final da tela.

As diferenças entre endereço fiscal e endereço comercial:
Para além do endereço MEI registrado no CNPJ da empresa, há ainda a parte comercial do negócio. Ou seja, para divulgar a empresa para potenciais clientes e parceiros, muitos empreendedores adotam o endereço comercial.

Este endereço oferece ainda outros benefícios, como o recebimento de materiais de encomendas, recados de telefone, salas de reunião ou até mesmo estação de trabalho.
Desse modo, é comum utilizar os serviços de escritório virtual para o endereço comercial.

No entanto, é preciso destacar que o endereço comercial é diferente do endereço fiscal. Este segundo tem como finalidade exclusivamente o registro legal da empresa na Receita Federal, prefeitura, Junta Comercial e demais entidades. Em suma, serve para os fins burocráticos do negócio.

Entretanto, há espaços de coworking que oferecem tanto o serviço de endereço comercial como o de endereço fiscal, dando maior comodidade ao empreendedor na hora de registrar a empresa.

Escritório virtual com endereço fiscal
Quem está começando no mundo do empreendedorismo geralmente não tem uma interface de trabalho adequada e tampouco quer expor a residência em dados públicos.

Ademais, há outros planos de escritório virtual que contam com mesa de trabalho adequada, para uma estação profissional personalizada, a fim de dar maior credibilidade e suporte para os negócios.

O benefício com grande destaque é a possibilidade de networking. As empresas que contratam esses serviços, conseguem conviver com outras e assim conseguem criar relacionamento com outras, possibilitando novas parcerias para o empreendimento.

Atualmente, muitos coworkings possuem uma rede de network, onde o cliente pode divulgar o seu trabalho, fazer conexões com outras empresas e o principal, verificar empresas com potencial de parcerias.

O MEI é uma opção para a pessoa que desejar formalizar os negócios da empresa exercendo as atividades por conta própria e seja considerado um pequeno empreendedor. Diante disso e das dicas acima, é possível perceber que, além dos direitos como pessoa jurídica, o empreendedor poderá usufruir dos benefícios nos seus negócios.

Para tal fim, é de extrema importância que este trabalhador conte com planejamento, organização e principalmente esteja atualizado nas exigências da modalidade do registro do negócio. Além das questões burocráticas, é necessário se atentar na escolha de endereço para que seja benéfico e promova credibilidade aos clientes.

Website: https://www.gowork.com.br/blog/

Outras notícias