26 de Julho: conheça alguns vovós e vovôs empreendedores

 26 de Julho: conheça alguns vovós e vovôs empreendedores

A Fundação Dom Cabral (FDC) com apoio técnico da Hype50+, realizou recentemente um estudo, parte do projeto FDC Longevidade, que aborda questões como o mercado de luxo prateado, a mudança do perfil do público mais velho, além do investimento e lucratividade das empresas com foco no nicho.

O resultado mostra o potencial econômico e chama atenção para o envelhecimento ativo, ou seja, eles continuam consumindo, investindo, viajando e, claro, empreendendo.

No dia 26 de julho é celebrado o Dia dos Avós e, para inspirar outros vovôs e vovós, destacamos abaixo sete histórias de profissionais que usaram a sabedoria -e a experiência- para empreender e tocar um negócio próprio depois dos 50 anos.

Aos 68 anos e com três netos, o engenheiro aposentado João Almeida, franqueado da CleanNew, não quer nem saber de parar de trabalhar


Com três netos vivendo distantes dele, o aposentado João Almeida resolveu empreender para “continuar na ativa”.

Aos 65 anos de idade, escolheu investir em uma franquia da CleanNew, rede especializada em sanitização e blindagem de estofados.

Avô de Pedro, de seis anos, que mora em Salvador, João Henrique, 11, e Serena, 6, que moram nos Estados Unidos, João atua em Campinas.

“Trabalhava como engenheiro civil, me aposentei há três anos, mas não queria parar de trabalhar”, conta. Para ele, investir na franquia foi uma opção de menos risco, pela reputação que a marca possui junto aos consumidores.

“Eu já tinha prática em liderança e gestão, precisei apenas aprender as particularidades do novo negócio”, recorda.

E nos momentos de folga, o empresário aproveita para viajar e visitar a família.

“Como as viagens estão temporariamente inviabilizadas por conta da pandemia, o jeito é usar os aplicativos de chamada por vídeo para matar a saudade”, afirma.

Vó Sônia: com muita humildade e determinação, conquistou espaço, credibilidade e respeito ao fundar a rede Casa de Bolos

Aos 76 anos, avó de oito netos, Sônia Ramos colhe os frutos de uma atitude empreendedora tomada em 2009, na cidade de Ribeirão Preto, quando fundou a Casa de Bolos, maior rede de franquias e pioneira no segmento de bolos caseiros.

Tudo começou quando Rafael, o filho caçula, perdeu o emprego e a família se viu obrigada a encontrar uma maneira urgente de complementar a renda para fechar as contas do mês.

A ideia de fazer os bolos caseiros e sair vendendo pela redondeza ganhou não só as ruas do centro de Ribeirão Preto, como também pessoas que passaram a encomendar as iguarias e fazer o “boca a boca”, a propaganda mais eficaz do mundo.

De bolo em bolo, o negócio prosperou e a combinação das talentosas mãos da Vó Sônia e o desprendimento do filho levou a Casa de Bolos ao sucesso logo nos primeiros anos.

Desde 2011 no franchising, a rede conta até o momento com mais de 390 lojas espalhadas pelo País.

Aos 54 anos, Maria Santos aprendeu uma nova profissão e virou uma mulher de negócios a frente de uma unidade da Doctor Feet

Aposentada e avó da pequena Gabriella, dona Maria do Amaro Silva Santos não imaginava que sua vida passaria por uma reviravolta de 360º aos 54 anos.

Foi o desejo do marido, Edson dos Santos, que fez tudo mudar.

Ele já conhecia a Doctor Feet, rede especializada em podologia e venda de produtos ortopédicos, e resolveu abrir uma unidade da franquia em Uberlândia, Minas Gerais.

“Minha neta tinha menos de um ano na época e eu me dedicava a cuidar dela, pois minha filha é dentista e passa muito tempo no trabalho”, conta. A loja abriu as portas em 2017 e, desde então, a presença de Maria no empreendimento foi cada vez mais solicitada. Hoje as manhãs são direcionadas à neta – que tem cinco anos e já frequenta escola – e as tardes, à loja.

“Sou eu quem fecha as portas da unidade todos os dias”, orgulha-se. E não para por aí: essa vovó ainda encontrou tempo para os estudos. “A Doctor Feet me deu um motivo para voltar a estudar. Concluo este mês o curso de tecnólogo em podologia que durou três anos e meio”, comemora.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *