Arquitetura urbana tem impacto direto no planejamento de cidades

 Arquitetura urbana tem impacto direto no planejamento de cidades

A Arquitetura Social desempenha o papel de repensar o planejamento urbano das cidades priorizando as pessoas e estimulando o comprometimento com o que é considerado socialmente justo, culturalmente diverso, economicamente viável e de menor impacto ambiental. As soluções arquitetônicas e urbanísticas adotadas contemplam iniciativas de responsabilidade ambiental e social com propósito de resolver os principais desafios dos arquitetos e urbanistas para impulsionar o desenvolvimento urbano sustentável.

Dessa forma, as escolhas são pautadas considerando questões estéticas, funcionais e de segurança, mas também considerando a sustentabilidade como parte importante do processo de desenvolvimento urbano dos endereços. Fatores que contribuem na qualificação dos espaços urbanos, sejam públicos, privados, comerciais, residenciais ou de lazer. Exemplo de aplicação da Arquitetura Social, o Passeio Pedra Branca é um projeto urbanístico que aderiu ao modelo para buscar proporcionar bem-estar aos moradores, frequentadores e visitantes.

Localizado no município de Palhoça, na Grande Florianópolis (SC), o endereço é um lugar de convivência, onde as pessoas podem morar, trabalhar, estudar e se divertir. Um bairro compacto e conectado, localizado no coração da Cidade Criativa Pedra Branca, o Passeio Pedra Branca, é uma referência do poder transformador da aplicação de boas práticas ambientais, sociais e de governança.


O projeto ganhou os prêmios de Urbanismo da Bienal de Buenos Aires em 2007, do Financial Times de Londres em 2008, e o convite em 2009 pela Fundação Bill Clinton, para integrar o programa de Clima Positivo. Recriado a partir das premissas do Novo Urbanismo que tem como foco a promoção da “caminhabilidade”, a nova centralidade do bairro foi projetada com a consultoria do renomado escritório dinamarquês Gehl Architects, DPZ Latin America e Jardins e Afins Arquitetura Paisagística.

O Passeio Pedra Branca conta com 07 empreendimentos residenciais e comerciais para atender mais de 08 mil moradores e um público flutuante mensal de 100 mil, movimentando cerca de R$1 bilhão anuais pelas empresas do município. O planejamento do plano diretor visa comportar em 2025 cerca 30 mil habitantes em uma área de 1,7 milhão de metros quadrados, gerando aproximadamente, 15 mil empregos.

Outras notícias