Dermatologista conta o segredo para manter a beleza da pele

 Dermatologista conta o segredo para manter a beleza da pele

Segundo um estudo desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a partir de 2039 haverá mais pessoas idosas do que jovens no Brasil, e que em 2060, um em cada quatro brasileiros terá mais de 65 anos. Com essa realidade cada vez mais próxima, tem sido comum a elaboração de ações que priorizem a diminuição do impacto do tempo na saúde como um todo, incluindo o contexto estético. Como consequência disso, a busca por melhorias na alimentação, atividades físicas e procedimentos estéticos tem aumentado notavelmente, afinal, são alguns dos alicerces que beneficiam o bem-estar no processo do envelhecimento saudável. 

Com a longevidade cada vez maior, é normal que o envelhecimento da população se torne realidade. Como resultado disso, ao longo do tempo, vêm sendo desenvolvidos uma gama de artifícios para aumentar a qualidade de vida dessas pessoas.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica afirma que houve um aumento de 390% na busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos desde 2016, sendo queixas comuns: rugas ao redor dos olhos (conhecidas popularmente como “pés de galinha”), rugas no pescoçorugas ao redor da boca (conhecidas popularmente como “rugas do código de barras” e “rugas da linha de marionete”), rugas no joelho, no colo e na papada.


De acordo com a pesquisa “O que a sua pele conta”, que foi sugerida pela Pfizer e desenvolvida pelo Ibope Inteligência, na qual 500 mulheres das classes sociais A, B e C foram perguntadas se havia algum aspecto da pele que as desagradava, a maioria esmagadora (94%) respondeu que sim. Dentre as entrevistadas, 56% disseram que se incomodavam mais com as linhas de expressão, 36% responderam que o que desagradava era a flacidez e 22% se sentiam inseguras com as rugas mais profundas.

Dra. Ana Carulina Moreno afirma que atualmente há diversos tratamentos estéticos que beneficiam o rejuvenescimento da pele de maneira segura quando feitos por profissionais de saúde especializados. De acordo com a médica, os procedimentos mais indicados para suavizar os efeitos do tempo são: aplicação da toxina botulínicabioestimuladores de colágeno (Sculptra ou Radiesse), fios de PDOpreenchimento de ácido hialurônicoultrassom microfocado Ultrafomer e radiofrequência Exilis (tratamento íntimo e flacidez corporal).

Outras notícias