Empresário Brasileiro investe no setor de restaurantes em Portugal

 Empresário Brasileiro investe no setor de restaurantes em Portugal

Por conta da dificuldade de recrutamento de mão de obra, em particular cozinheiros e empregados de mesa, os restaurantes que se dedicam à cozinha tradicional portuguesa estão em “grave risco de desaparecer”. A informação é da Associação Nacional de Restaurantes de Portugal, publicada pelo site Renascença em fevereiro de 2022.

Em entrevista ao portal, Daniel Serra da PRO.VAR (Promover e Inovar a Restauração Nacional), alerta para a “situação crítica” e destaca a necessidade de “se preservar a cozinha tradicional portuguesa”.

Segundo o empresário e sommelier Giscard Muller, no que depender do empreendedorismo de brasileiros no setor de bares e restaurantes da região da Grande Lisboa, capital de Portugal, a culinária portuguesa deve se manter.


“Assim como tantos brasileiros que emigraram para Portugal, eu cheguei a Lisboa em 2005 para iniciar a minha jornada pelo mercado de Alimentos e Bebidas, onde encontrei não somente trabalho, mas muita oportunidade para aprender e me aprofundar na arte de sommelier, bem como trabalhar ao lado de grandes chefs de cozinha”. Em Portugal Giscard Muller conta que recebeu mentoria de Manuel Moreira, um dos maiores estudiosos de vinhos em Portugal, e trabalhou ao lado de chefs renomados, como Ljubomir Stanisic, João Sá e Marlene Viera.

Giscard Muller é CEO Founder do Grupo Sabores no Páteo, especializado em cozinha portuguesa e japonesa, que engloba quatro restaurantes localizados em Lisboa, Oeiras e Cascais, em Portugal.

O sommelier e consultor de restaurantes explica que trabalha com um posicionamento comercialmente mais agressivo e está a diversificar um espaço que, anteriormente, era dedicado somente à cozinha portuguesa. 

“Agora, o Grupo Sabores no Páteo adota um novo conceito, oferecendo opções ao cliente habitual e expandindo os horizontes para conquistar novos consumidores em potencial com a cozinha japonesa”, diz Giscard, que fez um OpenSpace no restaurante Arcabuz Portuguese Food e Integrou uma unidade do Restaurante Hiroo Fusion Sushi.

Para Giscard Muller, a aposta é assertiva: “Em tempos de crise, nos sentimos na obrigação de ousar, contrariar o mercado de restaurantes em Portugal. Não há tempo para hesitar, estamos investindo no Grupo Sabores do Páteo como um marco de um novo tempo”.

 Restaurante celebra contribuições históricas entre Portugal e Japão

Em 2019, Giscard Muller fundou o Yohei Fusion Sushi, em Lisboa, fazendo uma homenagem ao “pai do sushi”, Hanaya Yohei. Em 2020, fundou o Hiroo Fusion Sushi, dedicando o nome a Onoda Hiroo, lendário combatente japonês, que atuou na Segunda Guerra Mundial.

Grande admirador da cultura japonesa, Giscard Muller fez mais uma homenagem ao país asiático com o Arcabuz Cozinha Portuguesa. O restaurante leva esse nome em homenagem ao vínculo criado entre Portugal e Japão em diversas colaborações culturais e estratégicas no período das navegações, em especial, durante a guerra civil japonesa, quando os portugueses forneceram arcabuzes – antiga arma de fogo, portátil, de cano curto e largo – ao exército japonês.

Para concluir, Muller explica que, com o grupo Sabores do Páteo, está sendo criada a estrutura necessária para gerir restaurantes, centralizando as operações contábeis e fiscais e fomentando uma análise econômica mais ampla.

“Com os resultados financeiros deste primeiro ano, iremos abrir mercado para o sistema de franchising, oportunizando uma janela de negócios para investidores que desejam entrar no mercado nacional em Portugal”.

 Turismo em Portugal

Lisboa foi o destino internacional mais buscado pelos brasileiros em 2021, conforme balanço realizado pelo metabuscador Kayak. Porto, também em Portugal, ocupa a nona posição na lista, segundo análise das buscas realizadas pelos brasileiros entre 1º de janeiro e 15 de dezembro de 2021. 

Lisboa recebe, em média, 4,5 milhões de turistas por ano, enquanto Porto é o destino escolhido por 1,6 milhões de pessoas. Os dados são do IPDT (Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo), e foram divulgados pelo Jornal de Notícias e apresentados no Fórum Internacional do Turismo.

A gastronomia sempre foi um dos principais setores que leva consigo o patrimônio cultural do mundo e Lisboa está cada vez mais se tornando um mercado atrativo para inovações e investimentos neste setor.

Para receber uma consultoria de Giscard Muller, basta acessar o website e enviar-lhe um e-mail: https://giscardmuller.com/

Outras notícias