Especialista comenta nova tendência de imóveis para lazer

De acordo com dados divulgados pela Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) em conjunto com a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), os lançamentos e vendas da incorporação tiveram um crescimento de 21% em 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior. Os financiamentos imobiliários realizados com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), por outro lado, somaram R$ 17 bilhões no primeiro semestre de 2022, o que representa uma alta de 49,2% em relação ao mês de abril.


No que tange às multipropriedades, forma de adquirir um bem sem ser o único proprietário do mesmo, um estudo de Caio Calfat, especialista em produtos imobiliários e presidente da ADIT Brasil (Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil), realizado em maio de 2022, constatou que o crescimento de multipropriedades no Brasil foi de 70% em relação ao ano de 2019.

O cruzamento destes dados e tendências aponta para oportunidades no mercado imobiliário, especialmente no que diz respeito às novas tendências de moradia, com foco no conceito de multipropriedade e economia compartilhada.

Novos modelos de negócios a partir das demandas do mercado imobiliário

O estudo de mercado é sempre uma boa estratégia para o desenvolvimento de novos empreendimentos. A partir da análise das dores e comportamento do consumidor, entendendo as dificuldades e manutenções que uma casa de praia apresenta, oferecer soluções de lazer, por exemplo, foram algumas das demandas observadas pela Segunda Chave, startup e componente do grupo Inbrasul Empreendimentos, construtora e incorporadora catarinense.

“Hoje em dia, todos querem praticidade, logo, as ofertas de soluções como Market, serviço de compras no supermercado; HouseKeeping, serviço de faxina; e Shop, dispensa com produtos de necessidade básica e de emergência via aplicativo, podem auxiliar muito no momento de fidelizar o cliente”, diz Henrique Dias, Cofundador da Segunda Chave.

Através do modelo Key Invest®, oferecido pela empresa, uma pessoa se torna proprietária de um patrimônio de luxo, realizando um investimento proporcional ao tempo de utilização, podendo vender a qualquer momento sua propriedade, além de poder usufruir de outros imóveis da rede localizados em outras cidades. Neste modelo, a gestão patrimonial é feita pela empresa, assim como todos os trâmites burocráticos.

“O modelo Key Invest®, é uma nova modalidade de investimento para aquisição de patrimônios de lazer, pois além de proporcionar ao público a oportunidade de comprar algo que seja diferenciado do habitual, viabiliza a venda, gerando liquidez ao proprietário de imóveis de alto padrão”, conclui Dias.

“Abrimos o leque de investimento tanto para pessoas que não conseguem usufruir a todo momento de uma propriedade lazer, quanto para pessoas que não possuem condições de adquirir 100% de um imóvel de alto padrão e arcar com as despesas que este tipo de imóvel necessita”, explica o empresário.

Tal desburocratização tem trazido bons resultados para o mercado imobiliário: segundo a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), a melhora nas negociações de imóveis de médio e alto padrão garantiram ao mercado de incorporação, em 2020, o melhor resultado desde maio de 2014. 

Para Dias, o modelo Key Invest®, oferecido pela Segunda Chave, está centrado nesta tendência de oferta de serviços e produtos “sob demanda”. O empresário pontua que a empresa possibilita ao público consumidor a compra de uma propriedade de lazer “de acordo com sua real necessidade para a utilização do imóvel”. 

A aposta do empresário tem embasamento em dados fornecidos pelo portal Metrópoles, em que, a especialista em imóveis de alto padrão, Aline Almeida, afirma que a pandemia e o isolamento social, fez com que muitos brasileiros buscassem mais qualidade de vida na busca por segundas residências, as chamadas “casas de férias”, para ficar longe dos problemas e ter um momento perto da família. 

A especialista afirma que a demanda por esse tipo de imóvel “sem qualquer tipo de estresse” e com serviço de hotel (serviço de quarto, arrumadeira, restaurantes até área de lazer) chegou a 500% desde o início do ano de 2022. 

Para saber mais, basta acessar: http://www.segundachave.com.br

Outras notícias