Grandes empresas utilizam soluções de startups para crescimento de seus negócios

 Grandes empresas utilizam soluções de startups para crescimento de seus negócios

O mercado de startups representa uma tendência, em uma definição simples, um fundamento mais concreto, seu crescimento começa com uma curva ascendente, tem sua curva exponencial, e se estabelece como padrão. As demandas atuais são resolvidas com soluções escaláveis e flexíveis quase sempre baseadas em tecnologia de forma inovadora, como forma de reinventar o mercado, estabelecendo uma nova forma de fazer as coisas.

Nem as restrições da pandemia frearam esse mercado em 2020, quando o acumulado de investimentos chegou a US$ 2,94 bilhões segundo o levantamento Inside Venture Capital Brasil.

Em 2021, o Brasil contabilizava 14.065 startups, sendo 47% delas direcionadas ao público alvo B2B, no qual empresas contratam empresas. É um tipo de empreendimento que veio para dar um “start” em um novo modelo de negócio, auxiliando de forma inovadora, com benefícios que incluem facilidade, aprendizado e colaboração.


A startup Gasola nasceu com o propósito de ajudar grandes, médias e pequenas transportadoras a terem acesso a melhores negociações no preço do combustível, visando agilizar e flexibilizar a gestão de abastecimento de frota. Desde sua criação, em janeiro de 2020, o Gasola já teve um crescimento de 500%. A empresa fechou dezembro de 2021 transacionando R$ 275 milhões e tem como objetivo fechar 2022 com mais de 1 bilhão de reais transacionados ao longo do ano. Dentro da gestão de combustíveis, a startup foi ocupando o lugar da concorrência e ganhando espaço entre as principais formas de pagamento entre as transportadoras e os postos.

Dessa forma, as startups têm mais agilidade no ambiente corporativo, de modo que as jornadas se tornam mais flexíveis, e assim, o atendimento ao cliente é ainda mais rápido e focado. Segundo o CEO e fundador, Ricardo Lerner, as diferenças entre as empresas convencionais e as startups se destacam por dois fatores: “Agilidade e flexibilidade. É natural empresas grandes, com marcas consolidadas, terem muitos processos e uma lenta tomada de decisão, e isso é sentido pelos clientes. Em uma startup como o Gasola, capacitamos muito os colaboradores e damos empoderamento para eles tomarem as melhores decisões pensando sempre no cliente. Quem não inova atualmente, não se mantém no mercado”.

Além de serem fontes de aprendizado constante, por serem empresas que estão começando, os colaboradores se sentem motivados em busca de melhores resultados e oportunidade, o que gera um ambiente colaborativo mais saudável, no qual o time é fortalecido e todos os colaboradores têm chance de participar das decisões.

Por meio de uma plataforma online, a startup oferece soluções ideais para aqueles que contratam seus serviços, a partir de uma comparação KM/litro as transportadoras têm auxílio por meio de um controle de abastecimento, acompanhamento da emissão de carbono de cada veículo, rankeamento de performance e conciliação financeira dos abastecimentos com postos parceiros. Um modelo de negócio que preza pela excelência, já que a palavra chave é inovação.

“Nos preocupamos em construir nossa solução com as transportadoras e postos. Isso naturalmente tem nos ajudado a criar soluções extremamente relevantes e simples. E isso dá muito resultado para nossa rede”, finaliza Ricardo.

Outras notícias