Retomada: setor de eventos enfrenta os desafios de infraestrutura de TI

 Retomada: setor de eventos enfrenta os desafios de infraestrutura de TI

Com o retorno gradativo das feiras, surgiram desafios para cumprir os novos protocolos. Entre os principais investimentos, a infraestrutura tecnológica ganha destaque. Entre monitores, catracas, notebooks e leitores, os custos de dispor desses equipamentos em grande quantidade pode ser um desafio. 


Com um crescimento de 10 vezes em relação ao ano passado, A Arklok, empresa especializada em full outsourcing de TI, aposta na retomada dos eventos. Conforme indica um estudo do DBC Industry Calendar, um banco de dados de todos os eventos programados das indústrias de publicidade, marketing e insights, dos 702 eventos do setor que ocorrerão em 2022, analisados para o levantamento, 273 foram identificados como eventos presenciais, 271 como somente virtuais e 158 como híbridos.   

”Com mais de dois anos de encontros on-line, muitas empresas que contavam com estoque próprio para essas realizações se desfizeram dos equipamentos, outras, tiveram danos na infraestrutura por falta de manutenção e uso. Por isso, os benefícios do outsourcing de TI estendem-se também para esse tipo de escopo de trabalho que está ganhando mais força’’, explica Renan Torres, vice-presidente da Arklok.  

Dados de uma pesquisa apresentada pelo Statista sobre como serão os eventos no mundo pós-pandemia mostram que a retomada presencial é um desejo do público. Em diversos países as pessoas têm se mostrado abertas para participarem mais de eventos presenciais ou híbridos do que exclusivamente on-line. No Brasil, por exemplo, 59% das pessoas dizem preferir o formato híbrido, enquanto 38% gostam mais do presencial. Somente os 3% restantes ficam com os encontros exclusivamente virtuais. 

Com o reaquecimento do setor, as empresas precisam estar preparadas para as novas demandas do mercado e do público. Por isso, a terceirização da infraestrutura de TI deve continuar em alta nesse mercado. “Contar com todo o apoio para a contratação e instalação dos equipamentos de TI é com certeza uma vantagem. Dessa forma, os organizadores podem estar focados em outras etapas’’, conclui Torres. 

Outras notícias