SmartCities Mundi apresenta cases de cidades inteligentes em pequenos municípios

 SmartCities Mundi apresenta cases de cidades inteligentes em pequenos municípios

O modelo de parceria público-privada (PPP) é um dos principais instrumentos para a viabilização de projetos de cidades inteligentes no país. Gestores públicos e executivos de empresas líderes de tecnologia compartilharão os resultados dessa experiência em diversas realidades urbanas no congresso SmartCities Mundi, que acontece de 20 a 22 de junho em formato totalmente virtual. A inscrição é gratuita.

Entre os casos de sucesso que serão apresentados no evento, destaque para a iniciativa de PPP implantada em Carmo do Cajuru (MG), município que se tornou referência internacional no desenvolvimento de cidades inteligentes fora dos grandes centros urbanos.

Eficiência energética e segurança integrada


Localizada a 112 quilômetros de Belo Horizonte e com população em torno de 22 mil habitantes, Carmo do Cajuru recentemente foi reconhecida pela ONU por seu projeto de PPP para a modernização dos sistemas públicos de iluminação e energia municipais. A parceria, firmada com o consórcio GSE Luz, foi responsável pela instalação de lâmpadas LED em 100% da iluminação pública e pela construção de uma usina fotovoltaica de 1,02 MW de potência, capaz de abastecer com energia limpa todos os edifícios públicos da cidade. O projeto também contempla o fornecimento de wi-fi gratuito em praças e a integração de uma rede de videomonitoramento ao sistema da Polícia Militar.

Nordeste inteligente

Em parceria com o governo do estado, o projeto Piauí Conectado tem como principal meta a implantação de pontos de internet de fibra óptica em órgãos da administração estadual e espaços públicos de todos os 224 municípios, tornando o Piauí o único estado brasileiro 100% conectado por uma rede única. Além disso, a iniciativa envolve ações com outras empresas, como os cursos promovidos pela Cisco Academy, que capacitam alunos de escolas públicas nas áreas de tecnologia.

Outro destaque de PPP no Nordeste é o Cidade Empreendedora, iniciativa do Sebrae que conta com o apoio do governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet). O objetivo do projeto é transformar os 60 municípios cadastrados no programa em cidades inteligentes até o fim de 2022. Entre as ações previstas estão a desburocratização, urbanização planejada, educação empreendedora, redução da desigualdade, aumento da renda e geração de empregos dentro de um modelo ambientalmente sustentável.

O congresso também destaca o lançamento do movimento Open 5G @ Campinas. A iniciativa – parceria da prefeitura de Campinas, CPQD, Embrapa, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Unicamp, PUC Campinas e TIM – tem o objetivo de inspirar outras regiões do país e impulsionar o ecossistema brasileiro de inovação voltado à tecnologia 5G.

O SmartCities Mundi é uma realização do portal Tele.Síntese em parceria com o Fórum das Américas. O formulário de inscrição e a programação do evento estão disponíveis no site:

https://www.eventos.momentoeditorial.com.br/

* Texto publicado originalmente em https://pimenta.com/smartcities-mundi-traz-casos-de-cidades-inteligentes-em-pequenos-municipios/

Outras notícias