Vendas de carros usados reduzem em janeiro

De acordo com a Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), a comercialização de carros usados no mês de janeiro deste ano caiu em relação a dezembro do ano passado. Em janeiro, foram vendidas 842.118 unidades; em dezembro, 1.201.600.

Apontou-se que o resultado esteve abaixo do que foi mostrado no mesmo período em outros anos, consequência de uma maior cautela por parte das pessoas sobre a economia. Além disso, já tinha sido mostrado pela Fenauto que o crescimento dos compromissos com impostos e demais despesas poderia causar impactos e uma oscilação nos índices de confiança dos consumidores na economia, abalando as comercializações no começo deste ano.

Os dados mostram que veículos com 13 anos ou mais foram os mais buscados e, na sequência, aqueles entre 4 e 8 anos. No ranking, apareceram no topo o Gol, Fiat Uno e Pálio e, entre comerciais leves, o Fiat Strada, Saveiro e S10. Já entre as motos, apareceram a Honda CG 150 CG 125 e Biz.


O presidente da federação aponta que este ano será desafiador: “Temos ainda uma certa insegurança sobre como se comportará a crise sanitária da Covid-19, com a possibilidade de novos repiques que podem influenciar o comportamento do consumidor. Além disso, temos preocupações com o aumento da inflação, as oscilações do câmbio e, para concluir, um ano eleitoral, que sempre mexe com o humor da economia. Por isso, continuamos com uma certa cautela otimista para 2022”.

Carros usados ultrapassam 15 milhões de vendas em 2021

Ainda segundo a Fenauto, a comercialização de carros usados no ano passado foi de 15.106.724 unidades – 17,8% acima na comparação com 2020. Já na comparação com 2019, houve um crescimento de 3,5%. Em dezembro de 2021, foram vendidos 1.201.600 veículos ante 1.165.436 em novembro, resultado 3,1% positivo superior.

A Fenauto mostra que as informações do ano passado revelam um resultado bom para o período e uma “normalização”, mas com atenção destinada à regularização da fabricação de veículos novos, que pode ocorrer no segundo semestre de 2022. Apesar disso, a federação alegou que o crescimento dos compromissos com impostos e demais despesas no início de 2022 podem impactar os índices de confiança dos consumidores sobre a economia, abalando as vendas.

Dados sobre carros usados no mês de outubro de 2021

Com informações sobre os carros usados no término de 2021, segundo a Fenauto, a média de comercialização por dia útil em outubro do ano passado ficou 8,5% abaixo do que foi apontado em setembro, por conta das incertezas de mercado e feriados. Na época, foram vendidos, ao dia, 58.424 veículos usados, em comparação a 63.823 por dia no mês anterior. O total mensal permaneceu em 1.168.479 veículos, contra 1.340.277 em setembro.

Outras notícias