A mercadoria que vende está encalhada no estoque da sua loja? Veja como vender

 A mercadoria que vende está encalhada no estoque da sua loja? Veja como vender

Empreendedores sabem que o fluxo de entrada e saída de produtos é fundamental para o sucesso do negócio. Mas em muitos comércios, o estoque não é controlado de maneira eficiente, resultando em incertezas sobre quando determinada mercadoria foi comprada e por quanto tempo está parada. Isso faz com que a empresa entre numa espiral de declínio, que pode levá-la para uma situação financeira bastante difícil.

Quando um produto permanece ‘parado’ por muito tempo no estoque, o comércio acaba ficando sem capital de giro e o empreendedor impedido de comprar novas mercadorias. Neste caso, os gestores precisam elaborar planos estratégicos para movimentarem esses produtos e operarem com um saldo positivo e com um capital de giro suficiente.

Analisar todas as mercadorias


Antes de tudo, é importante lembrar que comércios com gestão ineficiente deixam as mercadorias acumulando poeira no estoque, enquanto boas empresas sempre buscam formas de contornar os prejuízos causados por produtos que não foram vendidos. Por isso, ao constatar que uma empresa está com produtos sem giro no estoque, a primeira ação que deve tomar é analisar todos os itens.

Classifique-os por preço, quantidade, espaço ocupado no estoque e data de validade (se o seu comércio trabalhar com produtos alimentícios ou outros que têm curto tempo de validade). Com estes dados em mãos, o responsável pela gestão poderá se reunir com a equipe e buscar novas maneiras de vendê-los para o público. Isso certamente evitará que um comércio perca produtos e veja o investimento feito para comprá-los indo diretamente para o lixo.

Planejar e realizar promoções

Ao contrário do que muitos empreendedores pensam, fazer uma promoção não significa perder dinheiro ou vender mais barato, e sim fazer o estoque girar. Com promoções, o empreendedor conseguirá se livrar daquele estoque que está parado há muito tempo, garantir a entrada de recursos no caixa e otimizar o capital de giro. Além de dar descontos, é importante que a empresa também incentive a venda através de um outro produto, numa espécie de combo.

Aproveitar as datas comemorativas e as festas de fim de ano também pode ser uma boa ideia para se livrar do estoque sem giro. Vale também fazer com que o comércio participe de dias importantes de venda no país, como o Black Friday. É mais importante fazer o dinheiro girar, mesmo diminuindo a margem de lucro dos produtos, do que manter a mercadoria parada, gerando custos no estoque da empresa.

Um novo destino para produtos

Se mesmo com promoções  ainda não conseguiu vender todos os produtos com baixo giro, a melhor alternativa agora é incluí-los como brindes em outras compras. Apesar da medida não reduzir os prejuízos e não gerar ganhos financeiros, ela poderá ser uma forma do comércio dizer ‘obrigado’ aos compradores. Isto certamente chamará a atenção do público, o que pode trazer um grande diferencial para o negócio e até estimular novas compras.

Automatizar os processos

Com um programa para controle de estoque, como o Programa NEX, o comerciante simplifica a gestão de seu estoque com recursos que facilitam a conferência, a entrada e saída de produtos, o aviso de estoque baixo e o controle de validade de produtos perecíveis. E também deve ter acesso a informações correta de custos por produto, incluindo a atualização do total investido em valores. Além disso, usando a ficha de estoque on-line, o dono de comércio pode gerar relatórios para facilitar a compra de novas mercadorias sem exagerar na quantidade.

Outras notícias