Agente de trânsito agredida por notificar carro estacionado em local irregular deve ser indenizada

 Agente de trânsito agredida por notificar carro estacionado em local irregular deve ser indenizada

Uma decisão judicial determinou que um casal indenize a ex-agente de trânsito Ana Carolina Silva de Souza em 15 mil reais por conta de uma agressão que aconteceu no ano passado.

Durante uma ação de fiscalização na cidade de São Bernardo do Campo, a então agente foi agredida enquanto fiscalizava o uso do cartão de estacionamento do casal em frente ao Poupatempo da cidade.

Com documento irregular, o carro do casal Alex de Oliveira Jesus e Veridiana Alves da Silva ia ser apenas notificado para que a multa pudesse ser regularizada depois.


Nesse momento, o casal agrediu a agente, que estava grávida e se recusou a receber a advertência. Depois da agressão, a agente deixou o emprego e não teve outros trabalhos formais.

“Em relação ao trabalho e a minha pessoa fiquei traumatizada. Pra mim é muito complicado arrumar um emprego que trabalhe com o público”, contou Ana Carolina. A defesa do casal agressor não se pronunciou.

Da Redação ODC
Fonte: G1

Outras notícias