Anúncio de emprego que exige vacina da Pfizer causa revolta em Campinas

 Anúncio de emprego que exige vacina da Pfizer causa revolta em Campinas

Uma pessoa que está procurando uma governanta fez exigências um tanto quanto inusitadas para a vaga. A pessoa que anunciou mora em Campinas.

De acordo com o anúncio, a pessoa oferece um salário de R$ 1600,00 e exige que a pessoa candidata esteja imunizada contra a Covid-19 e o imunizante tem que ser o da Pfizer.

A candidata à vaga, além dessa exigência completamente descabida e discriminatória, terá que cuidar da alimentação dos moradores da casa e das atividades diárias de duas crianças, incluindo escolares.


Para completar, a vaga contempla exigência de limpeza da residência e organização de horários para os outros funcionários do mesmo local.

A moradora é do Cambuí e exige que a funcionária tenha fácil acesso ao local. Advogados trabalhistas constataram que o anúncio é discriminatório e fere a Constituição Federal.

Infectologistas disseram que a exigência do imunizante é descabida já que qualquer marca de vacina tem os mesmos benefícios, além de gerar uma falsa sensação de segurança.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Atentado a bombas interrompe treino da Ponte Preta em Campinas

Outras notícias