Anúncio de vaga que exigia vacina da Pfizer em Campinas é removido

 Anúncio de vaga que exigia vacina da Pfizer em Campinas é removido

O polêmico anúncio de uma vaga de governanta que exigia vacina contra Covid com imunizante da Pfizer foi retirado do ar.

O anúncio era para uma vaga de emprego em Campinas com salário de R$ 1600,00 e recheado de exigências. Depois da polêmica, o site que hospedava o anúncio fez a remoção e bloqueou o usuário.

O Ministério Público do Trabalho chegou a receber uma denúncia a respeito do anúncio nesta última terça-feira, dia 22/06. O site em que a vaga foi anunciada é o Trabalha Brasil, que em nota informou repudiar qualquer tipo de discriminação.


No anúncio estava escrito apenas “Ana Clara Residências” no nome da empresa, porém não havia nenhuma outra forma de contato se não fosse se candidatar para a vaga.

Além de praticamente ter que cuidar de duas crianças cujas idades não foram reveladas, era necessário fazer a manutenção da casa, limpeza e organizar os horários dos outros funcionários.

O salário era de R$ 1600,00 e ainda era exigido que a funcionária fosse imunizada com a vacina da Pfizer. Advogados especializados em trabalho consideraram o anúncio completamente discriminatório.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Senai de Sumaré abre vagas para cursos profissionalizantes gratuitos

Outras notícias