Foto: Venilton Küchler

Os testes com a vacina de Oxford foram retomados nesta última segunda-feira, dia 14/09 no Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária liberou os testes depois da suspensão no exterior por conta de uma suposta reação grave.

Como ficou comprovado que o sintoma que a pessoa testada teve não estava relacionado com a aplicação da vacina, os testes foram liberados em todo o mundo.

No Brasil os testes estão sendo comandados pela Universidade Federal de São Paulo com cinco mil voluntários espalhados por Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

Até o presente momento já foram vacinados 4600 voluntários e nenhum deles apresentou qualquer problema com reação adversa. Os testes foram novamente liberados na noite de sábado, dia 12/09.

A vacina de Oxford, elaborada pelo laboratório AstraZeneca, está sendo testada na África do Sul e nos Estados Unidos, além do Brasil, que já tem um acordo para a produção da vacina na Fiocruz.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Mais quatro candidatos à prefeitura de Campinas são confirmados pelos partidos