Aplicativo de denúncia de assédio no transporte de Campinas é finalista em prêmio internacional

 Aplicativo de denúncia de assédio no transporte de Campinas é finalista em prêmio internacional

Foto: PMC

Com apenas três meses de utilização, o Botão de Emergência na Luta contra o Assédio (Bela) ficou entre os finalistas do Programa Melhores Práticas de Mobilidade Urbana – Ciclo 2020/2021, na categoria Comunicação e Marketing. A premiação é organizada pela UITP (União Internacional de Transporte Público – Divisão América Latina) e contou com 42 projetos inscritos por operadores e autoridades de seis países – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica e México. Participaram entidades envolvidas na prestação de serviços de transporte público e na gestão da mobilidade urbana.


A ferramenta campineira concorreu com outros 17 projetos na categoria Comunicação e Marketing. Lançado em agosto e disponível no aplicativo da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), o “Bela” é um importante instrumento de combate a situações de violência contra a mulher no transporte público, desenvolvido em conjunto pela Emdec e pelas secretarias municipais de Transportes (Setransp), Segurança Pública, Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos.

A cerimônia de premiação foi realizada no último dia 2 de dezembro, a partir de São Paulo, e em uma sala remota instalada em Guadalajara, no México. A comissão julgadora contou com representantes das seguintes instituições: Estrategia Misión Zero (México), Fatec-SP (Brasil), Pasajero 7 (México), Latan Mobility (Colômbia), Transurbano (Chile), MHasse Consulting (Argentina), RDLB (Estados Unidos) e Shark Comunicação Digital (Brasil).

A categoria Comunicação e Marketing premiou iniciativas focadas na recuperação da confiança no setor e priorização das necessidades dos clientes, incluindo práticas para atendimento de exigências sanitárias, ações para melhorar o conhecimento sobre as expectativas e demandas dos clientes, melhoria nas condições de integração multimodal, atendimento aos segmentos vulneráveis (mulheres, idosos, portadores de deficiência) e relacionamento com as organizações da sociedade e com a mídia.

Vencedores – Melhores práticas:

Campanha Sou + 60 — Metro de São Paulo (Brasil);
Campanha Metrô é Cultura — Metro de São Paulo (Brasil);
Mídias Sociais no Cartão TRI de Porto Alegre — APT (Brasil);
Contenção da Covid-19 — DTPM/MTTEL (Chile).

Finalistas:

Sound Branding: MetroRio no Covid-19 — MetroRio (Brasil);
Posto Avançado da Mulher — Metro de São Paulo (Brasil);
Plataforma “Transport on Demand”, pela UBUS — São Bernardo do Campo (Brasil);
Bela (Botão de Emergência na Luta contra o Assédio), pela Emdec — Campinas (Brasil).

Além da categoria “Comunicação e Marketing”, o Programa Melhores Práticas de Mobilidade Urbana conta ainda com as modalidades “Governança” e “Valores Institucionais”. Os projetos submetidos refletem os principais desafios da área de mobilidade urbana: garantir a prestação de serviços e minimizar a perda de passageiros, melhorar a qualidade dos serviços, incluir novos passageiros e setores mais vulneráveis, fortalecer as instituições e suas marcas.

Sobre a UITP

A UITP (União Internacional de Transporte Público) é a única rede mundial que reúne todas as partes interessadas no transporte público e todos os modos de transporte sustentáveis. São mais de 1,8 mil membros no mundo, distribuídos em 16 escritórios, incluindo o da América Latina, que se encontra em São Paulo.

Desde o último mês de julho, o diretor-presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva, integra o Comitê de Autoridades da UITP, como membro permanente. Entre as funções do comitê estão a discussão de políticas públicas e de planejamento para mobilidade; a definição de estratégias e investimentos para o setor de transportes; e o apoio aos operadores e às autoridades durante situações de crise.

Como o “Bela” funciona

Vítimas ou pessoas que presenciem situações de assédio sexual no transporte público podem acionar o botão “Bela” no aplicativo da Emdec, disponível para os sistemas Android e iOS. Ao ser acionada, a ferramenta mostra uma relação de linhas que circulam na região, com base na localização do celular e utilizando o banco de dados do aplicativo “CittaMobi”. O usuário deverá selecionar a linha e enviar a solicitação.

Após a confirmação pelo usuário, a Central de Operações da Guarda Municipal é acionada. O operador da Central tem acesso ao itinerário da linha informada e, também, à localização da vítima, em tempo real, possibilitando a melhor definição de estratégia de abordagem do ônibus.

Para saber mais, acesse a seção sobre o Botão de Emergência na Luta contra o Assédio no site da Emdec.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Hortolândia está sem água por problema na captação em Paulínia (de novo)

Outras notícias