“Baile da Jerônimo” tira o sono de moradores do Campo Belo

 “Baile da Jerônimo” tira o sono de moradores do Campo Belo

Moradores da região do Campo Belo, em Campinas, não aguentam mais o “Baile da Jerônimo”, na rua Jerônimo Mendonça.

Uma festa clandestina, que acontece todo o fim de semana, mesmo na época de pandemia.

Neste final de semana, o “evento” reuniu mais de 700 ‘pessoas’ que não estão nem aí para o coronavírus e para a superlotação nas unidades de saúde da cidade.


Uma das vizinhas, que pediu para não ser identificada, disse ao ODC que toda semana pede para que a Guarda Municipal vá à rua onde acontece a festa, mas nada acontece.

“Estamos cansados dessa situação. Esse bando de gente sem o menor respeito”, desabafou.

A festa é combinada pelas redes sociais, e há farta distribuição de bebidas alcoólicas e drogas.

Quase ninguém usava máscaras, e a proximidade entre todos os participantes despertou revolta de vizinhos, que lutam para manter a covid-19 fora das casas deles.

“Esses jovens se acham imunes à doença”, afirmou a moradora.

Por causa de festas como estas, Campinas está no limite dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

Já não há mais vagas disponíveis nem para tratamento de outras questões de saúde que não covid-19.

Outras notícias