Bares e restaurantes já estão com acesso liberado à fonte de financiamento do Estado; Débitos foram suspensos

 Bares e restaurantes já estão com acesso liberado à fonte de financiamento do Estado; Débitos foram suspensos

Renan Lopes – G1

O Governo do Estado de São Paulo atendeu de forma parcial as reivindicações dos donos de bares e restaurantes, que estavam reclamando sobre as medidas de contenção do novo coronavirus.

Além de mudar a classificação de várias cidades, como a de Campinas por exemplo, para permitir que esses estabelecimentos possam reabrir as portas aos finais de semana, uma outra série de medidas foi tomada.

Foram liberados novos reparcelamento de débitos, suspensão temporária de protestos por falta de pagamento e uma oferta de crédito aos empresários.


Além disso, o Estado proibiu o corte no fornecimento de água e de gás encanado para todos os estabelecimentos comerciais alimentícios pelo menos até o final de março.

Para que todos possam ter acesso ao crédito, todas as empresas terão os débitos inscritos na dívida-ativa suspensos por 90 dias e já está em vigor.

Sobre o corte de água, a medida é válida apenas para as cidades atendidas pela Sabesp, ou seja, Campinas não está contemplada, e sobre o gás, apenas para os clientes da Comgás, da GasBrasiliano e da NaturgyGas.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Cachorro é picado por cobra e fica com o rosto inchado

Outras notícias