Beerstorming: fabricação de cerveja é solução criativa para trabalhar o desenvolvimento organizacional

O cérebro humano tem a capacidade de se reprogramar quando exposto a aprendizados e novas experiências.

É chamada neuroplasticidade, que permite a criação de conexões capazes de regular emoções, solucionar problemas complexos, pensar de formar flexível e criativa, entre outras.

Um dos exercícios recomendados para desenvolver a neuroplasticidade é adquirir habilidades ainda não exploradas.


Nesse contexto entra o Beerstorming, uma dinâmica inédita desenvolvida pela mhconsult e que convida os participantes a saírem da rotina de forma divertida (fazendo cerveja) para lidar com questões que também impactam no ambiente de trabalho.

O diretor geral da mhconsult, Rogério Babler, explica que se adaptar por meio da neuroplasticidade é crucial para o sucesso em um mundo de constante mudança, além de ajudar a enfrentar futuros desafios com resiliência.

“Tal competência pode ser alcançada por meio do Beerstorming, que auxilia não apenas a regular emoções, mas também a alternar entre tarefas e resolver problemas complexos de forma eficiente, além de superar vieses inconscientes, pensando de forma flexível e criativa.”

Babler ainda comenta que adquirir e compartilhar conhecimentos por meio da fabricação de cervejas é uma oportunidade única de fugir dos afazeres do dia a dia.

“A vivência da experiência permite que os comportamentos de um time sejam colocados em prática, possibilitando o entendimento, a reflexão e o impulso às mudanças. A interação com outros participantes também desperta a atenção para a importância da disciplina, das escolhas e da busca por alternativas para o melhor resultado possível.”

Depois de algumas semanas, a dinâmica ainda propõe que os participantes voltem ao ambiente de fabricação para conferir o resultado.

Essa etapa é chamada de “performance suporte”, já que vai além da integração principal e entrega ao indivíduo a cerveja na garrafa conforme havia sido planejada: um retorno palpável que fornece uma memória afetiva da experiência.

Para Ronaldo Dalla, mestre cervejeiro e fonte de apoio a mhconsult durante a realização da dinâmica, fazer cerveja demanda muita atenção.

“Como em qualquer outro trabalho, se alguma etapa do processo não for corretamente cumprida ou executada de forma incompleta, o produto será perdido. Porém, não deixa de ser uma experiência divertida e prazerosa para todos os participantes.”

Dessa forma, a produção da cerveja resulta da competência do alinhamento entre o tipo de bebida que se quer produzir, além da coerente seleção de componentes, da execução do processo de fabricação propriamente dito e dos cuidados da equipe com a manipulação dos componentes (os controles e governança do processo).

Para mais informações sobre o que é o Beerstorming, seus objetivos, benefícios e detalhes sobre o funcionamento e a aplicação da dinâmica, acesse o site

Outras notícias