Brasileiro de 36 anos morre ao tentar entrar ilegalmente nos EUA pelo muro no México

 Brasileiro de 36 anos morre ao tentar entrar ilegalmente nos EUA pelo muro no México

Um administrador de empresas de 36 anos de idade morreu ao tentar entrar ilegalmente nos Estados Unidos. Diogo Fernandes de Oliveira caiu do muro que faz fronteira com o México e bateu a cabeça.

Além disso, Diogo acabou quebrando a bacia. O consulado brasileiro no México foi quem deu a notícia para os familiares de Diogo, que moram em São Luís de Montes Belos, interior de Goiás.

No último dia 07/12, Diogo falou pela última vez com o pai, que tem 60 anos de idade. No telefonema ele disse “Pai, vou fazer a travessia agora a noite, depois nos falamos. Beijos”.


Um parente disse que Diogo queria estabilidade financeira: “Ele sempre teve o sonho de ir para os Estados Unidos. Estava cheio de planos para ele e a noiva. O objetivo dele era dar melhores condições de vida para a família, principalmente para os pais”.

Entre 2017 e 2019, Diogo tentou obter o visto por três vezes, mas sem sucesso. Ele trabalhava como gerente de uma loja em um shopping, que acabou fechando por causa da pandemia. Desempregado, ele contratou uma pessoa para ajudar na travessia para os Estados Unidos. Mesmo com os riscos, ele tentou passar.

Algumas pessoas que moram legalmente nos Estados Unidos iriam ajudar Diogo a se estabelecer e depois ele seguiria a vida por conta própria. Agora, a família tenta trazer o corpo para sepultar no Brasil.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Detran faz leilão hoje e amanhã de carros e motos parados em pátio da Emdec

Outras notícias