Buracos abertos pela Sanasa causam transtornos na região do Jardim Aurélia

 Buracos abertos pela Sanasa causam transtornos na região do Jardim Aurélia

A região do Jardim Aurélia está sofrendo com o esburacamento de suas ruas há mais de um ano. As obras no sistema de distribuição de água começaram na região da igreja Santa Edwiges, quando foram colocados os primeiros canos pendurados na fachada das casas. Paralelamente a isso foram abertos buracos em diversas ruas das imediações para a troca da tubulação. Meses depois as obras foram sendo expandidas e chegaram no Jardim Interlagos. O problema é que já passou mais de um ano e nem a primeira parte da obra teve os canos retirados de frente das casas.

Buraco mal tapado na Av. Pe. Gaspar Bertoni. Foto: Luciano Roncolato

Quase todas as casas da região estão com ligação temporária de água, com tubulação pendurada nas grades. Mas o grande problema não é esse, e sim os buracos que foram abertos e não foram fechados ou foram mal tapados. Na Avenida Padre Gaspar Bertoni, há pelo menos três buracos que foram mal tapados e já estão afundados. Próximo à padaria São Judas há buracos que já foram abertos, tapados e reabertos. Quando chove a região toda vira um grande lamaçal pois a terra que é usada para tapar temporariamente o buraco escorre pela rua. Há ainda outros buracos que estão simplesmente com uma placa de metal por cima, para permitir a passagem dos veículos.

Canos continuam pendurados por todo o bairro. Foto: Luciano Roncolato

A empresa que está realizando a obra já foi trocada uma vez e até o momento nenhuma previsão de finalização dos trabalhos. Além dos problemas com os buracos, o trânsito fica bastante prejudicado em algumas vias da região do Jardim Aurélia, pois os tratores que estão nesse serviço ocupam grande parte das vias.

Mais cascalho espalhado por falta de manutenção nos buracos abertos. Foto: Luciano Roncolato

No final da Avenida Império do Sol Nascente, na rotatória que dá acesso ao Clube do Jardim Aurélia, há uma grande quantidade de cascalho que desceu a via vindos dos buracos que foram abertos no cruzamento com a Avenida Nossa Senhora da Consolação. O perigo é tanto que os carros deslizam no momento em que fazem a curva da rotatória. O cascalho desceu durante a última chuva forte que atingiu a região.

Cascalho espalhado por buraco aberto no itinerário da linha 2.71. Foto: Luciano Roncolato

A reportagem do ODC entrou em contato com a Sanasa para obter mais informações acerca da obra e o que está sendo feito para resolver os problemas dos buracos. Segue a resposta:

Estamos efetuando a troca de redes em vários bairros da cidade. O Jardim Aurélia é um desses bairros. As obras são morosas e demandam varias etapas. Os buracos que ainda estão abertos não tiveram sues trabalhos finalizados. A Sanasa utiliza o método MND (Método Não Destrutivo), não sendo necessário abrir valas nas ruas para efetuar a troca das redes. Neste método é aberto um buraco de aproximadamente 1,00mx0,80cm que, por ele passamos a rede sem necessidade de abrir valas. Então os buracos que ainda estão abertos, significa que o trabalho ainda não terminou naquela região. Nossa previsão é que a troca de rede em todo o Bairro Jardim Aurélia termine até o primeiro trimestre de 2019.

Da Redação ODC.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *