Campinas desobriga uso de máscaras em escolas municipais

 Campinas desobriga uso de máscaras em escolas municipais

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, por meio do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus (covid-19), entendeu que a partir de quarta-feira, 27 de julho, o uso de máscaras em escolas passa a ser facultativo. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município de hoje.


A decisão foi tomada após análise da situação epidemiológica da covid-19 e demais doenças respiratórias, que estão em tendência de queda. As internações hospitalares infantis por Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAGs) e os atendimentos de sintomáticos respiratórios na faixa etária escolar também estão diminuindo.

A obrigatoriedade do uso de máscaras fica mantida em serviços de saúde, Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), terminais e veículos do transporte público e também por pessoas suspeitas ou confirmadas de doenças respiratórias transmissíveis, seja em ambientes abertos ou fechados.

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda a manutenção do uso para pessoas vulneráveis, tais como idosos, gestantes e imunossuprimidos.

Assim como o uso da máscara, é imprescindível que a população complete o seu ciclo vacinal contra o novo coronavírus, tanto para o primeiro ciclo quanto para as doses adicionais. As vacinas são aplicadas em 65 Centros de Saúde da cidade, sem necessidade de agendamento prévio.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Especialista esclarece como abrir empresas em Portugal

Outras notícias