Campinas quer criar Procuradoria do Município e pagar supersalários de até R$ 35 mil

 Campinas quer criar Procuradoria do Município e pagar supersalários de até R$ 35 mil

Band

Campinas, uma cidade que tem dinheiro sobrando e que está com tudo funcionando em dia (só que não) está discutindo a criação de uma Procuradoria Geral do Município. O problema é o custo que isso irá gerar: mais de 5 milhões de reais por ano.

Enquanto tenta se combater os supersalários do funcionalismo público, os procuradores do município iriam ser remunerados em quase 35 mil reais, incluindo gratificações e adicionais. No total são 100 procuradores que passariam a ganhar os supersalários.

A população e entidades da sociedade civil criticaram duramente a proposta durante uma audiência pública que aconteceu na última segunda-feira, dia 18/11, na Câmara dos Vereadores.


O mais absurdo foi o Secretário de Assuntos Jurídicos, Peter Panuto, dizer que como o orçamento da cidade para o ano que vem é de mais de 6 bilhões de reais, não haveria problemas em absorver o novo custo, além das negociações diretas de dívidas sem via judicial, o que deve aumentar a arrecadação da prefeitura.

Se Campinas não tivesse tantos buracos nas ruas, por exemplo, seria uma ideia interessante, mas não se tapa nem buraco, por que vai se pagar fortunas a procuradores?

Da Redação ODC.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *