Campinas terá duas apresentações de “A Paixão de Cristo”; Veja datas

 Campinas terá duas apresentações de “A Paixão de Cristo”; Veja datas

Divulgação

A Paixão de Cristo, da Companhia Santa Inês de Teatro Amador (CSITA), terá duas apresentações em Campinas este ano. A primeira será no sábado, dia 9 de abril, às 20h, em frente à Catedral Metropolitana de Campinas. A encenação será repetida no dia 15 de abril, na Sexta Feira Santa, às 20h, na Rua Mônica Silveira Pisani, n° 194, Jardim Vista Alegre.

A iniciativa tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campinas. A entrada é franca, mas pede-se a doação de 1Kg de alimento não perecível, que será doado às famílias assistidas.

O evento começou com a empreitada de um grupo de amigos em 2002. A primeira edição da Paixão, já no ano seguinte, foi assistida por cerca de 600 pessoas, ainda dentro da paróquia Santa Inês, em Campinas. Com o passar dos anos, tornou-se um dos maiores projetos de evangelização realizado na cidade: “A Paixão de Cristo da CSITA”.


O sonho foi se expandindo, o público foi aumentando e o campo de futebol em frente à igreja passou a ser o palco da Paixão de Cristo, que hoje é o maior espetáculo a céu aberto da Sexta Feira Santa na cidade. Ao longo destes 19 anos, mais de 270 mil pessoas já assistiram ao espetáculo.

Duas apresentações

A produção deste ano contará com a participação do Padre Caio, responsável pela Catedral Metropolitana de Campinas, para a montagem na frente da Catedral. E também do Padre Adilson José Ribeiro, responsável pela Paróquia Santa Inês. Este é o primeiro ano do Padre Adilson acompanhando o grupo.

Dentre as cenas mais esperadas pelo público está a de Salomé e João Batista, que chega a assustar pelo realismo – ele é decapitado ao vivo e a cabeça é apresentada em uma bandeja. Outra cena que emociona e leva parte do público às lágrimas é a do Anjo que canta ‘Ave Maria’ ao vivo, à capela, para Maria, enquanto ela tem o filho morto em seus braços. Já a cena do enforcamento de Judas utiliza uma árvore à beira de um barranco, com uma queda livre de sete metros de altura, e chega a arrancar gritos de “não pula! não pula” das crianças, assim como os aplausos dos mais velhos.

Como nos últimos anos, a ascensão de Jesus ao céu é feita com a ajuda de um guindaste. Pouco antes deste ato, o túmulo se abre “sozinho”, revelando a todos que Jesus ressuscitou e está novamente vivo. São cenas muito aplaudidas, além de outras que promovem interatividade com o público, como as da multiplicação dos pães e do ensinamento do Pai Nosso.

Serviço

A Paixão de Cristo CSITA

Apresentação 1

Dia 9 de abril (sábado) às 20h

Em frente à Catedral Metropolitana de Campinas.

Praça José Bonifácio, s/n – Centro, Campinas

Apresentação 2

Dia 15 de Abril (Sexta Feira Santa) às 20h

Rua Mônica Silveira Pisani , n° 194, Jardim Vista Alegre, Campinas-SP – no Campo do Corintinha, ao lado da paróquia Santa Inês (no GPS, procure por Paixão de Cristo CSITA; no Google Maps ou Waze, a indicação será de Paixão de Cristo Campinas

Entrada franca, mas pede-se a doação de 1Kg de alimento não perecível, que será doado às famílias assistidas

Mais informações:

Instagram: pxdecristocps

E-mail [email protected]

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Por que notebooks gamer também são ideais para profissionais de várias áreas

Outras notícias