Casal que matou e esquartejou advogado é condenado a mais de 57 anos de prisão

 Casal que matou e esquartejou advogado é condenado a mais de 57 anos de prisão

Um casal que matou e esquartejou um advogado na cidade de Araçatuba no começo deste ano foi condenado a mais de 57 anos de prisão pela justiça. O número é a soma das condenações dos dois.

Laís Lorena Crepaldi, de 20 anos, e o namorado dela, Jonathan Andrade Nascimento, de 21 anos, foram presos em meados de janeiro deste ano e confessaram o crime.

Os dois mataram o advogado Ronaldo Capelari, de 53 anos, para roubarem a caminhonete dele. Ao tentar desovar o corpo, não conseguiram e por isso resolveram fazer o esquartejamento.


A jovem condenada ainda teve uma outra pena por ter feito falso comunicado de crime, pois inicialmente disse que quem cometeu o assassinato foram três inocentes. Ela disse que mentiu para proteger o namorado.

A caminhonete roubada foi encontrada em uma estrada de terra em Birigui e o corpo estava em sacos plásticos. O casal não pode recorrer em liberdade.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Dario Saadi e Rafa Zimbaldi disputam segundo turno em Campinas

Outras notícias