Casos de dengue mais do que dobra em 25 dias em Campinas, mas é menor do que em 2019

 Casos de dengue mais do que dobra em 25 dias em Campinas, mas é menor do que em 2019

Enquanto o coronavírus é uma preocupação internacional, os casos de dengue continuam crescendo em Campinas. Nos últimos 25 dias o número de casos cresceu 113% na cidade, pulando de 154 para 359 casos.

A secretaria de saúde ressaltou que as pessoas que já pegaram o tipo 1 da doença estão imunes à ela, mas ainda correm o risco de serem contaminadas com o tipo 2. Nenhum dos casos de Campinas é grave, ao menos por enquanto.

O número de casos detectados neste ano é 37% menor que no mesmo período do ano passaado, quando os pacientes chegavam a 500. A região com mais contaminados é a norte, com 114 casos.


80% dos criadouros estão dentro das casas dos munícipes, e é por isso que a prefeitura está reforçando a nebulização de bairros inteiros e visitando casas para verificar se há criadouros de dengue.

Os bairros que estão com maior facilidade para proliferação da doença são: São Marcos, Vila Esperança, Terras de Barão, Vila Formosa, Satélite Íris 4, Vila Perseu Leite de Barros, Dic 4, Jardim Cristina, Vila São Jorge e Vila Aeroporto.

Da Redação ODC.

Outras notícias