As prefeituras do interior do Rio de Janeiro têm algumas situações tão inusitadas que se alguém contar, fica difícil de compreender ou de acreditar.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da cidade de Japeri, que fica na Baixada Fluminense, é um jovem de apenas 19 anos, sem qualquer formação na área. O salário é de R$ 10 mil.

Dentro da secretaria que comanda, Yuri Santos Oliveira tem a mãe, que é gerente administrativa, e a avó, que é oficial de gabinete da secretaria.

Yuri é apenas matriculado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Paracambi e substituiu o antigo secretário em 31 de março que saiu para se candidatar a vereador.

Para piorar, o secretário ainda solicitou o Auxílio Emergencial do Governo Federal e está recebendo as parcelas normalmente. A informação não foi confirmada pela prefeitura por não se tratar de um benefício local.

A família toda é aliada do ex-prefeito Carlos Moraes, afastado há um ano quando foi preso por associação ao tráfico de drogas. A prefeitura de Japeri disse que por enquanto o secretário cumpriu com todos seus deveres em relação ao cargo.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Cachorro é adotado por concessionária de carros e ganha até crachá: “cãosultor”