Volta a coleta seletiva em Campinas

 Volta a coleta seletiva em Campinas

A coleta seletiva em Campinas foi retomada depois de quase seis meses de paralisação por causa da pandemia do coronavírus

A população pode voltar a separar o material reciclável, que será coletado e levado às cooperativas de reciclagem.

As cooperativas receberam da administração uniformes, incluindo calçados, e EPIs como máscaras, luvas, protetor facial, touca, avental.


Os cooperados estão sendo orientados a seguir todas as medidas sanitárias, como distanciamento, ajuste do horário de trabalho para evitar aglomeração, usar os uniformes e equipamentos e fazer higiene.

“Obedecemos ao plano de retomada atendendo às exigências da Secretaria Municipal de Saúde que envolve basicamente três atores: o munícipe, a Prefeitura e as cooperativas. O munícipe volta a fazer a separação do reciclável, na origem, disponibiliza para o sistema municipal de coleta seletiva e esse sistema entrega às cooperativas, que faz a triagem e a valorização desses materiais para comercialização”, explicou o diretor do Departamento de Limpeza Urbana, Alexandre Gonçalves.

Há 11 cooperativas recebendo os recicláveis, que são coletados em 75% dos bairros da cidade, uma ou duas vezes por semana, nos períodos diurno, a partir de 8h, e noturno, a partir de 16h.

Para saber o dia e o período da coleta no endereço, basta consultar pelo Portal do Cidadão, selecionar “Meio Ambiente”, depois “Coleta de lixo no meu endereço” e colocar o endereço.

Os 16 ecopontos – que estavam abertos para receber outros tipos de materiais, como móveis, eletrodomésticos e restos de construção (de pequeno e médio porte), por exemplo – também voltaram a receber o material reciclável, que podem ser levados pela população.

Saiba o endereço dos ecopontos

O diretor de Limpeza Urbana ressaltou que o grande pilar da Política Nacional de Resíduos Sólidos é a responsabilidade compartilhada, na qual a gestão adequada dos resíduos deve ser feita por todos.

Outras notícias