Depilação a laser ainda desperta medo em muita gente por conta de boatos

 Depilação a laser ainda desperta medo em muita gente por conta de boatos

O sol de primavera inspira os apaixonados por sol e piscina. É, na verdade, uma prévia para quem deseja preparar a pele para o verão. Neste período, cresce o volume de depilações para que as pessoas possam utilizar roupas mais curtas, saias, vestidos, regatas, bermudas, shorts, biquinis e sungas.

Para quem está pensando em cuidar dos pelos com antecedência, uma dica é programar a depilação a laser, uma alternativa mais duradoura em relação aos processos tradicionais.

Se ainda existe alguma dúvida sobre o procedimento, a supervisora técnica da Vialaser, Jessica Santos da Luz, explica quais são os principais mitos que devem ser elucidados.


Muitas pessoas acreditam que a depilação a laser não pode ser feita no verão, o que é um equívoco. O procedimento pode ser realizado em qualquer estação do ano, devendo seguir as recomendações médicas específicas em relação à exposição ao sol. “É importante ressaltar e recomendar o uso dos protetores solares, aliás, o verão é onde os raios UV estão mais fortes e podem causar manchas, envelhecimento precoce e diversos outros malefícios”, explica Jéssica.

Se a pele está bronzeada, o processo não é indicado. Esta é uma verdade que deve ser levada a sério. Como o laser é atraído pela melanina, é necessário usar potências mais baixas em peles bronzeadas. Isso acaba tornando o tratamento menos eficaz do que deveria.

Há quem dica que são necessárias apenas cinco sessões. Esta afirmação é um mito.

Embora 30% dos pelos sejam removidos a cada sessão, eles só são atingidos pelo laser quando estão na fase ativa. “Os pelos em fase ‘dormente’ não são atingidos. Por isso, a indicação é que a pessoa interessada faça 10 sessões para que todos os pelos da região escolhida sejam atingidos.

A depilação a laser deve ser realizada por profissionais altamente especializados. Devido à maior durabilidade e ao processo menos doloroso que procedimentos tradicionais, é uma opção interessante para quem não gosta de pelos e espera curtir muito o verão.

Os benefícios do Laser Alexandrite

• Mais eficiência ao remover os pelos mais finos, como os do buço.
• Processo mais rápido e menos doloroso devido ao resfriamento.
• Diminuição dos pelos já na primeira sessão (embora possa variar de acordo com cada pessoa e pele — o indicado são dez sessões).

Dicas para realizar a depilação a laser no verão

1. Mantenha a pele hidratada com filtro solar FSP (mínimo 30) sempre que precisar se expor ao sol.

2. Não se depile com pinças, ceras ou qualquer método, ao menos trinta dias antes da sessão.

3. Se possível, fique no sol antes das 10 horas da manhã e após as 16 horas da.

4. Compareça a todas as sessões.

Outras notícias