A Polícia Civil de São Paulo desmentiu agora à tarde que o empresário Paulo Cupertino Matias tenha sido preso no Estado do Paraná. A polícia paranaense já tinha desmentido um pouco antes.

A confusão começou quando a Polícia Civil paranaense informou aos policiais paulistas que tinha feito hoje, dia 28/10, a prisão do empresário que matou o ator Rafael Miguel e seus pais em junho do ano passado.

A polícia paulista foi informada sobre a prisão por telefone na manhã de hoje e a notícia vazou rapidamente para a imprensa, que já deu como certa a localização do empresário foragido.

Porém, pouco tempo depois as informações foram dadas como desmentidas. É possível que a polícia ainda esteja fazendo a devida identificação do homem preso hoje em Jataizinho para saber se realmente trata-se de Paulo Cupertino.

A localização do homem foi possível graças a emissão de um documento falso na segunda-feira, dia 26/10, e atribuído ao empresário. Desde então, a polícia começou a fazer o monitoramento de perto.

Mais informações a qualquer momento.

Da Redação ODC.
Fonte: TV Bandeirantes
Leiam também: