Doctor Feet lança serviço de home care

     Doctor Feet lança serviço de home care

    A Doctor Feet, a maior rede de clínicas de podologia do Brasil, pensando na maior comodidade dos clientes, acaba de lançar o serviço de home care, atendimento em que as profissionais vão até o cliente.

    Lançado durante a pandemia, sobretudo pela alta demanda que a rede identificou no período de isolamento social, a expectativa é que a modalidade continue mesmo com o afrouxamento das medidas.

    Para contratar o serviço, e se houver a disponibilidade do atendimento na região, é preciso que o cliente entre em contato com a loja por telefone ou whatsapp e solicite a visita da podóloga.


    Como um protocolo de higiene a mais, a rede envia um email com orientações e termos em que o anfitrião se responsabiliza por usar a máscara de proteção durante a permanência do profissional em sua residência e aferir a temperatura logo no início do atendimento, bem como oferecer condições mínimas necessárias, tais como espaço para os equipamentos, tomadas, entre outros detalhes técnicos.

    Já para as podólogas da rede, fica obrigatório o uso de máscara e do face shield, sapatilha descartável, além do jaleco, que é vestido apenas no local de destino.

    Jonas Bechelli, presidente da rede, conta que no período em que as lojas estiveram fechadas, dezenas de mensagens foram recebidas por dia, todas de pessoas pedindo ajuda devido a dores e problemas nas unhas e nos pés.

    “Decidimos acelerar a implantação de um projeto que já estava nos planos e que visa facilitar e tornar mais cômodo o cuidado com os pés. É mais um benefício que oferecemos, sobretudo nesse momento, em que as medidas de isolamento continuam vigorando”, explica.

    Para implementar o serviço, a rede ofereceu um treinamento para os profissionais seguindo os protocolos do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), com foco na esterilização de instrumentais e equipamentos, procedimentos que já são seguidos nas unidades fixas.

    Até o momento, o serviço é oferecido em São Paulo – na capital e em algumas cidades do litoral e interior – num raio de até 6km das unidades que já aderiram à novidade.

    “A expectativa é ampliar o atendimento para as demais regiões do Brasil, tanto para captar os novos clientes, quanto para prestar assistência aos que estão em tratamento e não querem ou não podem ir à unidade de costume”, finaliza Bechelli.

    Outras notícias