Dois grupos de índios venezuelanos chegam a Campinas e vivem em situação de mendicância

 Dois grupos de índios venezuelanos chegam a Campinas e vivem em situação de mendicância

Danilo Braga

Um grupo de cerca de 40 indígenas venezuelanos estão acampados na praça que fica na confluência das avenidas Senador Saraiva e Orozimbo Maia, perto do Mercado Municipal em Campinas.

O primeiro grupo, que tem adultos e crianças, chegou há cerca de três semanas e o segundo, na semana passada. As paredes dos viadutos são usadas como varais e fogões são improvisados para o cozimento de alimentos.

Para sobreviver, o grupo pede esmolas nas ruas da cidade. Grupos de assistência social da prefeitura já fizeram contato e tentaram levá-los para um local mais adequado, porém há dois problemas: a dificuldade de comunicação e de alimentação, já que a comida deles é completamente diferente da consumida no Brasil.


Os grupos recusaram qualquer assistencialismo da prefeitura e seguem pedindo esmolas. O caso foi comunicado ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público para que possam fazer um acompanhamento do pessoal, já que há muitas crianças pequenas no grupo.

Da Redação ODC.

Outras notícias