Dois torcedores ganham indenização por terem sido agredidos e expulsos do Estádio Moisés Lucarelli pela PM

0
77

Dois torcedores da Ponte Preta entraram na Justiça contra o clube e ganharam o direito de serem indenizados por conta de uma confusão generalizada no jogo contra o
Vitória, que aconteceu no dia 26 de novembro de 2017. Na ocasião, a Ponte foi rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Pai e filho ajuizaram uma ação de indenização por danos morais contra a Fazenda Pública do Estado e contra a Ponte, alegando que estavam no local assistindo ao
jogo junto com familiares quando começou uma onda generalizada de violência pouco antes do final da partida. O filho teria sido agredido fisicamente e verbalmente por
um policial, que expulsou-o juntamente com seu pai do estádio, mesmo tendo confusão também fora do campo.

O clube diz que não teve culpa no caso pois ela não teria nada a ver com os atos dos policiais. Mesmo assim, foi condenada juntamente com a Polícia. Os dois
torcedores deverão ser indenizados em R$ 30 mil e em R$ 15 mil.

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui