Duas tradicionais construtoras de Ribeirão Preto se unem e chegam a Campinas

 Duas tradicionais construtoras de Ribeirão Preto se unem e chegam a Campinas

Toda grande metrópole tem seus bairros nobres.

No Rio de Janeiro, Ipanema, Leblon e Copacabana.

Em São Paulo, Moema, Ibirapuera e Jardins.


Em Campinas, indiscutivelmente, Cambuí.

Gastronomia, cultura, lazer, comércio, conveniência e moradia de alto padrão fazem dele o metro quadrado mais desejado na maior cidade do interior paulista.

Desejo que vai crescer com o lançamento do Grand Paysage, uma torre de 19 pavimentos com apartamentos de alto padrão que será construída na esquina das ruas General Osório e Conceição, bem no coração Cambuí.

O Grand Paysage é fruto da união da Copema e Stéfani Nogueira, duas tradicionais construtoras que alavancaram o mercado imobiliário de Ribeirão Preto nas últimas quatro décadas.

Será o primeiro de novos empreendimentos da parceria em Campinas, repetindo o sucesso em Ribeirão Preto, onde Copema e Stéfani Nogueira contribuíram para dar uma nova cara à Zona Sul da cidade, marcando a paisagem urbana de forma inconfundível.

Em Campinas, as construtoras chegam com a proposta de oferecer novas possibilidades para quem quer morar com sofisticação, funcionalidade e qualidade de vida, apresentando empreendimentos que valorizam a localização com projetos arquitetônicos contemporâneos e integrados ao entorno de forma harmoniosa e segura.

“O objetivo é o de agregar valor ao bairro, engrandecendo ainda mais o endereço, recorrendo a estratégias como um paisagismo que interage com a via pública e recuos espaçosos que enobrecem o trecho”, atesta o diretor comercial representante da parceria em Campinas, Luciano Marco.

Grand Paysage

O Grand Paysage é um empreendimento pensado em quem procura requinte e conforto na medida para o seu bem-estar.

Com VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 126 milhões, perto de tudo que o Cambuí tem de melhor, com fácil acesso a pé para as melhores atrações do bairro e também para uma variedade de bons serviços e utilidades nos arredores, o Grand Paysage apresenta uma fachada atemporal, constituída de materiais nobres e uma completa área de lazer no térreo.

São quatro apartamentos por andar, com metragens de 115m2 e 117m2 e três suítes cada, com uma distribuição dos espaços que garante aos moradores o equilíbrio entre praticidade, bom gosto, requinte e sofisticação.

Cada unidade conta com duas vagas de garagem e o estacionamento oferece carregadores compartilhados para carros elétricos.

Entre as premissas dos incorporadores para a Rivaben Arquitetura – escritório que assina a obra –, está a de que o projeto não poderia ter “apartamentos de fundo”. E isso acabou por justificar o nome dado ao prédio.

“A vista de Campinas a partir de todas as unidades é privilegiada pela localização fantástica do terreno, pelas amplas esquadrias e pelo guarda corpo envidraçado nas extensas varandas”, destaca o arquiteto Fernando Rivaben.

O profissional, que é de Campinas e nos últimos anos atua no escritório sediado em Ribeirão Preto, nunca perdeu o carinho e a ligação com a extensa carreira construída na cidade.

Outras notícias