Eleitor que não votar e não justificar ausência poderá perder vários benefícios; Veja quais

 Eleitor que não votar e não justificar ausência poderá perder vários benefícios; Veja quais

Neste domingo acontece o segundo turno das eleições municipais em diversas cidades brasileiras, e como é sabido, a presença dos eleitores é obrigatória para todos que tiverem entre 18 e 70 anos.

Como estamos ainda na pandemia do novo coronavirus, quem apresentar sintomas da doença não precisa ir votar, mas é necessário justificar.

Caso o eleitor não justifique a sua ausência, ele ficará impedido de tirar documentos pessoas e se for empregado de empresa estatal, poderá não receber salários.


Além disso, o eleitor que faltar e não justificar a falta poderá implicar na negativa de tomada de empréstimos em bancos oficiais e no cancelamento de benefícios da Previdência Social.

Inscrições em concursos públicos e matrículas em escolas públicas também são impedidas. Por isso, quem não for votar deve justificar pelo aplicativo e-Titulo no prazo de 90 dias.

Da Redação ODC.
Leia também: Jovem que teve crânio prensado em fábrica de Americana morre em hospital

Outras notícias