Elevador residencial é um dos destaques do prédio da Campinas Decor 2020

     Elevador residencial é um dos destaques do prédio da Campinas Decor 2020

    Até pouco tempo atrás, os elevadores eram algo exclusivo de prédios comerciais e residenciais no Brasil.

    Rara era sua presença em casas por razões diversas, como falta de espaço, falta de cultura e até mesmo preço.

    Mas este quadro vem mudando de forma acelerada com a expansão de obras em condomínios fechados, aumento da faixa etária da população, procura por maior praticidade e conforto, arrojados projetos arquitetônicos e valorização dos imóveis.


    Para mostrar que este equipamento é perfeitamente possível de integrar projetos dentro dos ambientes residenciais, valorizando o imóvel e trazendo maior conforto, qualidade de vida e acessibilidades para moradores, a Engetax Elevadores foi uma das empresas convidadas a mais uma vez participar da mostra Campinas Decor.

    A edição de 2020 – ainda sem data oficial de abertura por conta da pandemia -, recuperou o imóvel da centenária escola Cotuca (Colégio Técnico de Campinas), em Campinas, pertencente à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

    Compondo um dos ambientes da mostra, o elevador panorâmico da Engetax liga os dois andares do prédio.

    Totalmente personalizado e com diversas tecnologias embarcadas de última geração, sua instalação exigiu um trabalho complexo para atender as normas exigidas para restauração de um prédio tombado.

    Toda estrutura foi desenvolvida com vidro, material mais leve e ao mesmo tempo requintado, e sua porta tem duas folhas de correr espelhadas, diferenciada dos padrões tradicional, feita com aço.

    O grau de exigência, explica Alexandre Schmidt, Diretor Comercial da Engetax Elevadores, deu-se por conta das necessidades dos arquitetos que fizeram o ambiente, casando a proposta arquitetônica com a estrutura do local de instalação.

    Além do design arrojado, proporcionando alto impacto visual, com sofisticação, conforto e maior valoração do imóvel, o elevador exposto na mostra permite visão panorâmica do interior do prédio.

    Destacam-se também as tecnologias empregadas em sua produção. Levando em conta o momento atual, onde as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a higiene, mesmo em casa, o elevador conta com equipamentos de acesso inteligente, como:

    • reconhecimento facial
    • e Botoeira touchless color, dispensando a necessidade de apertar o botão para dar partida ao equipamento.

    Este mecanismo elimina 99% de vírus, fungos ou bactérias, minimizando de forma consistente o contágio dentro da cabine.

    Sobre o prédio

    O prédio do COTUCA é um patrimônio histórico da cidade de Campinas.

    Sua construção se deu no ano de 1918, por Bento Quirino, num projeto do arquiteto Ramos de Azevedo.

    A Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP – começou seu funcionamento nesse prédio, em 1967, com os cursos de Química, Engenharia de Alimentos e Medicina.

    No mesmo ano o COTUCA começou a funcionar, com os cursos de Eletrotécnica, Mecânica e Alimentos.

    As instalações possuem 6500 metros quadrados e, por ser um patrimônio histórico, são mantidas e conservadas de acordo com suas características originais.

    Outras notícias