Emdec e Setransp abrem licitação para instalação de novos pontos de ônibus em Campinas

 Emdec e Setransp abrem licitação para instalação de novos pontos de ônibus em Campinas

Foto: PMC

Dentro do programa de requalificação dos pontos de embarque de passageiros do transporte público coletivo, sob gestão da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e da Secretaria de Transportes (Setransp), a Administração Municipal abriu processo licitatório para o fornecimento e implantação de 355 abrigos do modelo “Andorinha”. Os novos abrigos irão beneficiar diversos bairros do município.


“Mantemos o nosso foco de proporcionar mais dignidade e conforto para a população que utiliza o transporte coletivo, desde a operação das linhas, infraestrutura nos terminais e, também, implantando novos abrigos”, enfatiza o presidente da Emdec, Vinicius Riverete.

A licitação será do modelo Regime Diferenciado de Contratações (RDC), com recebimento, abertura das propostas e disputa de preços no dia 18 de agosto. O edital já está disponível nos portais eletrônicos licitacoes.campinas.sp.gov.br e www.licitacoes-e.com.br.

Chamado de “Andorinha” em alusão a um dos símbolos de Campinas, os novos abrigos terão cobertura, estrutura metálica e três assentos de concreto, sendo um deles destinado às pessoas obesas. Essas características proporcionam mais conforto e segurança aos usuários do transporte coletivo, durante a espera pelo ônibus. E a padronização da identidade visual dos abrigos permite a visualização das linhas que atendem ao ponto.

Entre os meses de outubro de 2021 e janeiro de 2022, foram implantados 100 abrigos “Andorinha” no município, em diversas áreas descentralizadas, beneficiando bairros dos distritos do Campo Grande, Ouro Verde, Nova Aparecida, Barão Geraldo e Sousas; e das regiões do Amarais, Parque Anhumas, Sudeste e Viracopos.

Abrigos da concessão

No mês de aniversário de 248 anos de Campinas, o município ultrapassou a marca de 500 novos abrigos implantados por meio da concessão pública. São 517 equipamentos padrão “Glicério” instalados desde o início da concessão, que foi firmada em 2018.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Como ajudar a criança a se adaptar a uma nova escola?

Outras notícias