Emdec finaliza parte das obras da terceira faixa na Rodovia Heitor Penteado em Campinas

 Emdec finaliza parte das obras da terceira faixa na Rodovia Heitor Penteado em Campinas

Foto: Emdec

A Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) finalizaram os serviços da segunda etapa de obras de sinalização para a implantação da terceira faixa na Rodovia Dr. Heitor Penteado (SP-81). Em trecho de 700 metros, equipes de sinalização redimensionaram as faixas de rolamento para terem a mesma largura.

Além disso, foi feita toda a revitalização da sinalização horizontal, no trecho da Rodovia entre o semáforo da Rua Vitor Roselli, no Parque Nova Campinas, até o Viaduto Brás Soares Filho, no sentido Centro – Sousas. “Essa é mais uma ação da Prefeitura que visa melhorar a fluidez no trânsito e diminuir as lentidões”, explica o secretário municipal de Transportes, Vinicius Riverete.

A primeira etapa compreendeu a implantação da terceira faixa no sentido Sousas – Centro, desde a chegada pela Dom Pedro I até a altura da Rua Silvia Siqueira Stevenson, próximo ao clube Sociedade Hípica de Campinas.


De acordo com Riverete, “agora, a Secretaria de Serviços Públicos fará reparos no acostamento, no trecho a partir do Parque Ecológico ‘Monsenhor Emílio José Salim’ até o Gramado, que também receberá a terceira faixa. A sinalização dependerá da finalização dos reparos”.

Outro problema, que deverá ser solucionado, é o de uma vala de drenagem no trecho da Rodovia, entre o Gramado e a Rodovia Dom Pedro I (SP-065). Somente após essa obra, o trecho poderá receber a sinalização da faixa adicional.

Volume de veículos

Em 2019, antes da pandemia da Covid-19, a Rodovia Dr. Heitor Penteado recebia, em média, cerca de 50 mil veículos por dia.

Outra importante via que ganhou faixa adicional foi a Avenida Lix da Cunha, no sentido bairro, entre a Estação de Transferência Anhanguera e o Trevo da Bosch, totalizando 650 metros.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Hopi Hari tem filas de mais de 4 horas, pouca água e muita irritação

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *