Foto: Matheus Pereira

A barbeiragem cometida por parte dos motociclistas que fazem entregas por aplicativo em Campinas está na mira da Emdec. O presidente da empresa e secretário de Transportes, Carlos José Barreiro, pediu um posicionamento das empresas.

Caso empresas como Uber Eats, Rappi e IFood não façam um código de conduta para que os seus motociclistas conduzam de forma responsável e respeitem as leis de trânsito, a Emdec poderá fazer uma campanha contra elas.

De acordo com Barreiro, houve um aumento enorme no número de infrações de trânsito cometido por motociclistas que fazem entregas para aplicativos durante a pandemia, tudo para entregar o mais rápido possível.

No final do mês deverá acontecer uma reunião entre a Emdec e representantes das empresas para discutir o assunto. A empresa que não fizer a prevenção junto a seus associados, a Emdec fará uma campanha para que o consumidor não peça mais comida por elas.

De acordo com informações da plataforma Infosiga do Governo do Estado, 80% das mortes provocadas por acidentes de trânsito em Campinas apenas no primeiro semestre de 2020 envolveram pedestres e motociclistas.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Caixa bloqueia milhares de contas digitais por suspeita de fraude no auxílio emergencial