Empresas de ônibus podem entrar em colapso e parar já na terça-feira, dia 07/04 em Campinas

14033

A quarentena que está completando duas semanas em Campinas coloca em risco as empresas de ônibus que operam na cidade e na região metropolitana. O alerta vem dos Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários, que já articula uma paralisação na semana que vem.

Com o movimento extremamente fraco de passageiros, as empresas afirmaram que não vão ter como pagar os salários dos funcionários na próxima terça-feira, dia 07/04, que é o quinto dia útil.

O prefeito Jonas Donizette disse que esse é um problema que está acontecendo em todo o país e por isso pediu auxílio ao Governo Federal para que seja criado um programa com o intuito de socorrer as empresas de ônibus. O programa, chamado de Transporte Social, precisa de pelo menos R$ 2,5 bilhões, que seria usado para compra de créditos eletrônicos de passagens em todo o país.

Ontem Campinas teve 336 ônibus circulando na cidade, ou seja, cerca de 40% do que circularia em um dia normal, cuja frota é 831 veículos. No dia 23 de março foram transportadas quase 94 mil passageiros, sendo que a média diária em fevereiro ficou em 393 mil.

A queda na aquisição do vale-transporte pelas empresas também colaborou para que as viações ficassem sem caixa para honrar com os seus compromissos. Por conta disso, caso o salário não seja creditado no dia 7, uma paralisação em toda a região metropolitana poderá acontecer.

Os créditos de passagem de ônibus do programa Transporte Social seria usado por pessoas que serão beneficiadas pelo auxílio de R$ 600,00, para que possam se deslocar.

Da Redação ODC.