O Governo do Estado de São Paulo informou nesta última sexta-feira, dia 16/10, que não houve nenhum caso de efeito colateral na vacina CoronaVac, que está na fase 3 de testes.

Dessa forma, espera-se que a vacina, que está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan, deverá ser aprovada muito em breve. O relatório sobre o processo deverá ser entregue para a Anvisa depois de amanhã, dia 19/10.

Caso dê tudo certo, em dezembro o Estado de São Paulo já terá disponível 45 milhões de doses da CoronaVac. 11 mil voluntários já participaram dos testes e nenhum teve efeitos colaterais.

A Anvisa poderá aprovar a vacina se comprovada a eficácia de pelo menos 50% do imunizante. Até o momento, os estudos mostram eficácia de 98%, muito superior à vacina contra gripe comum, que tem eficácia de 90%.

As outras duas vacinas que estão sendo testadas no Brasil, que são a de Oxford e a da Johnson & Johnson tiveram que ser paralisadas em algum momento por conta de reações.

Da Redação ODC.
Fonte: CBN
Leia também: Professor envia foto nu para grupo de alunos no WhatsApp em Campinas