Escolas de Hortolândia iniciam aulas nesta próxima segunda-feira, dia 21/02

 Escolas de Hortolândia iniciam aulas nesta próxima segunda-feira, dia 21/02

Foto: PMH

Após duas semanas reservadas para aplicação da vacina pediátrica contra a Covid-19 em crianças de 5 até 11 anos, as aulas nas escolas da Prefeitura de Hortolândia vão começar, nesta segunda-feira (21/02). Desta vez, voltarão às salas de aula estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, em 59 escolas municipais, uma vez que os estudantes jovens e adultos matriculados na EJA (Educação de Jovens e Adultos), previamente vacinados, já haviam iniciado o ano letivo desde o dia sete de fevereiro. Entre as crianças matriculadas na rede municipal, 65% já receberam a 1ª dose da vacina.


O adiamento do ano letivo foi anunciado em coletiva de imprensa pelo prefeito José Nazareno Zezé Gomes, em razão do avanço da variante Ômicron do novo Coronavírus no País. Durante as duas semanas iniciais de fevereiro, equipes das secretarias de Saúde e de Educação, Ciência e Tecnologia trabalharam juntas para agilizar a vacinação de crianças na faixa etária entre cinco e 11 anos de idade. Até o próximo sábado (19/02), a ação “Turminha Sabida”, de oferta da vacina pediátrica nas escolas, percorrerá 23 escolas, das 8h às 12h e das 13h às 17h, beneficiando também alunos de escolas municipais do entorno e, em mutirões aos sábados, crianças da rede particular de ensino. Além disso, UBSs (Unidades Básicas de Saúde) também estão aplicando a vacina pediátrica.

“Retornamos com as atividades escolares na próxima semana para 100% da rede municipal, Educação Infantil e Ensino Fundamental. Tivemos esse período de força tarefa com a Secretaria de Saúde na campanha de vacinação da ‘Turminha Sabida’ que foi essencial para garantir a segurança de todas as crianças e comunidade escolar. Retomamos então, com profissionais vacinados e agora nossos alunos, prontos para mais um ano de muito aprendizado”, ressalta o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.

Comprovante de vacinação
A partir de abril deste ano, os responsáveis pelos alunos matriculados na rede pública municipal de ensino deverão apresentar à escola documentos comprobatórios da vacinação completa contra a COVID-19, o atestado de vacinação que pode ser emitido na Unidade Básica de Saúde da região ou atestado médico que evidencie a contra-indicação à vacina contra o Coronavírus. A falta de apresentação do comprovante de vacinação não impossibilitará que o aluno frequente a escola ou realize matrícula ou rematrícula. No entanto, familiares ou responsáveis terão um prazo máximo de 60 dias para informar à escola sobre isso, sob a pena de comunicação ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público e às autoridades sanitárias, para as providências cabíveis. A medida foi publicada na edição 1442 do Diário Oficial Eletrônico do Município, na tarde da sexta-feira (11/02), e pode ser consultada neste link: https://publicacoesmunicipais.com.br:8443/api/acts/hortolandia/1442

As informações são da Prefeitura de Hortolândia.
Leia também: Como participar de uma licitação? Quais os requisitos?

Outras notícias