Fábrica da LG dá férias coletivas a funcionários por falta de peças para montagem de celulares

 Fábrica da LG dá férias coletivas a funcionários por falta de peças para montagem de celulares

Fábio França

A fábrica de telefones celulares da LG, localizada na cidade de Taubaté, teve que dar 10 dias de férias coletivas para seus funcionários por conta do coronavírus na China.

Desde esta última segunda-feira, dia 02/03, 200 funcionários estão em casa aguardando reposição de peças para produção dos telefones, que vêm da China. Vários outros setores foram afetados pela queda nas exportações chinesas.

Outros 800 funcionários da unidade continuam trabalhando. Lá também são produzidos monitores, cuja produção segue normal ao menos por enquanto.


No Brasil já foram confirmados dois casos, e ambos são de pessoas que visitaram recentemente a Itália. Por isso, o vírus não está em circulação por aqui, ao menos por enquanto.

Da Redação ODC.

Outras notícias