Falha na obra do BRT abre cratera na Avenida John Boyd Dunlop ao lado do novo Terminal Campo Grande

 Falha na obra do BRT abre cratera na Avenida John Boyd Dunlop ao lado do novo Terminal Campo Grande

As obras do BRT trouxeram várias melhorias para o viário, mas como será a operação?

Uma execução mal feita da obra do BRT culminou no estouro de uma tubulação de água na Avenida John Boyd Dunlop. O incidente aconteceu na quinta-feira da semana passada, dia 10/12, ao lado do novo Terminal Campo Grande.

Na pista sentido Centro, uma enorme cratera foi aberta, obrigando todos os veículos desviarem por dentro do novo Terminal. O vazamento de água foi constante.

Vários trechos do BRT foram feitos às pressas nos últimos três meses para que o atual prefeito Jonas Donizette fizesse a entrega da obra, o que vai acontecer na próxima sexta-feira, dia 18/12.


Há rachaduras em placas de concreto durante o itinerário, a ponte do Jardim Rossin foi concluída de qualquer jeito com uma elevação completamente esdrúxula, que coloca em risco tanto os motoristas de ônibus quanto os de carros menores, estações não estão totalmente concluídas e os trabalhadores estão centrados apenas em determinados pontos para acelerar tudo.

A obra se arrastou durante três anos e meio, prazo em que tudo já deveria estar pronto, para que nos meses seguintes fosse acelerada de forma frenética.

Por causa disso, incidentes como esse de quinta-feira vão exigir que a obra seja refeita, ocasionando mais gastos e mais transtornos para a população.

Da Redação ODC.
Leia também: Começam a circular ônibus iluminados especialmente para o Natal em Campinas

Outras notícias