Feminicídio em Sumaré: mulher de 31 anos é morta a facadas

 Feminicídio em Sumaré: mulher de 31 anos é morta a facadas

Sumaré registrou o primeiro caso de feminicídio do ano.

O caso aconteceu no Parque Salerno na noite desta terça-feira (1). A vítima é uma mulher de 31 anos.

Segundo a Polícia Militar, Cléber Alves do Santos, de 39 anos, foi até a casa onde Juliene Barbosa Messias mora para conversar.


Porém, houve uma discussão e ela foi esfaqueada três vezes, no peito, pescoço e braços.

O pai da vítima, que mora na casa que fica em frente, até ouviu o ex-genro chamando, mas quando saiu, a filha já estava morta.

Cléber tentou se matar a facadas, mas foi socorrido pelos policiais militares e está internado, sob escolta, no Hospital Estadual de Sumaré.

O homem segue internado.

O casal tem um filho de oito anos, que morava com a vítima. Eles tinham se separado há sete meses.

Ao prestar depoimento na delegacia, o pai de Juliene, que tem 71 anos, passou mal e também precisou ser hospitalizado.

Fonte: G1

Leia tambémCampanha Limpa Nome do Serasa para pagar dívidas por R$ 100 é prorrogada

Outras notícias