O feriado prolongado do último dia 7 fez com que a cidade de Campinas tivesse uma ligeira alta na taxa de transmissão do novo coronavirus.

A informação foi confirmada nesta sexta-feira, dia 18/09, pelo secretário de saúde Cármino de Souza. A situação não chega a causar preocupação extrema mas já acende a luz de alerta.

Antes do feriado a taxa de transmissão estava em 0,94, ou seja, uma pessoa contaminada não necessariamente transmite para outra. Depois do feriado, a taxa subiu para 1, quando um contaminado passa para outro.

Isso foi constatado por conta do aumento na procura dos serviços de saúde ao longo desta semana. Os leitos de retaguarda na rede hospitalar já sofreu uma pequena pressão, o que ainda não aconteceu na rede de UTIs.

Para evitar que a taxa volte a crescer, é necessário que a população use a máscara de proteção corretamente e siga usando álcool em gel e lavando as mãos corretamente.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Sócia de sorveteria em Campinas pede medida protetiva após caso da máscara