Ferramenta para negociar dívidas de aluguéis oferece pagamento à vista para imobiliárias

 Ferramenta para negociar dívidas de aluguéis oferece pagamento à vista para imobiliárias

Com o agravamento da pandemia e as diversas incertezas causadas pelo cenário econômico do país, o mercado imobiliário apresentou desempenho abaixo do esperado em suas vendas e aluguéis de imóveis, conforme relatou a SECOVI-SP.

De acordo com a pesquisa, em fevereiro deste ano, das 1.090 ações judiciais relacionadas ao mercado de locação, 913 processos foram motivados por inadimplência, representando 83,8% do total registrado em São Paulo.

Outro dado, que a SECOVI-SP aponta em seu levantamento é que o mês de fevereiro, em comparação ao mês anterior, teve uma alta de 44,8% no total de ações que ingressaram na Justiça.


Com os altos índices de inadimplência, o mercado imobiliário busca soluções rápidas, seguras e descomplicadas para os inquilinos, proprietários de imóveis e imobiliárias.

Diante da atual crise econômica, a CredPago, startup criada com o propósito de proporcionar ao seu ecossistema total facilidade e segurança no acesso à moradia, criou em 2020, a plataforma digital Fica Azul, com o objetivo de amparar e auxiliar as imobiliárias nos processos de negociações de dívidas relacionadas ao atraso do aluguel, financiamento de imóveis, pagamentos de reformas entre outras taxas imobiliárias.

A plataforma é gratuita e 100% online e, até o momento, já possui mais de 300 imobiliárias cadastradas.

Além disso, permite que a imobiliária parcele a dívida do cliente em até 12 vezes no cartão.

Com a ferramenta, as diversas imobiliárias parcerias da CredPago do país largaram na frente nas negociações de contratos com locatários e, agora, já estão conseguindo receber à vista um passivo que demoraria muito tempo para retornar aos seus bolsos.

A parceira CredPago que mais negociou valores pela Fica Azul até agora foi a Imobiliária Frias Neto, de Piracicaba.

Segundo Bianca Moura, Coordenadora de Cobrança da Frias Neto Consultoria de Imóveis, antes da implantação da ferramenta os clientes só tinham a opção de parcelamento da dívida através do termo de confissão e o pagamento era apenas via boleto.

“Devido a pandemia e ao cenário econômico, as taxas de inadimplência aumentaram muito, no último ano. Entretanto, por meio da Fica Azul conseguimos reverter essa situação para muitos clientes, proporcionar mais facilidade e segurança em seus acordos, além de ter mais agilidade nas negociações”, afirma.

A estimativa é que o volume dessas operações cresça com o tempo e que as imobiliárias se beneficiem durante todo o processo.

“A ferramenta serve para todas as garantias locatícias e recebemos o valor à vista em até 5 dias úteis. O que contribuiu muito para a arrecadação da imobiliária e a fomentação e incentivo a novos contratos”, completa Bianca.

Para o CEO da CredPago, Jardel Cardoso, a plataforma Fica Azul vem assumindo um importante papel como aliada das pessoas e das imobiliárias na luta contra a inadimplência.

“Sua facilidade em usá-la, praticidade em negociar e respaldo técnico são alguns dos benefícios. Criada para agilizar os processos de negociação das dívidas do mercado imobiliário, a plataforma permite as imobiliárias mais liberdade na hora de cobrar os débitos de vendas e locação de imóveis, além de ajudar os inquilinos a debitarem suas dívidas”, afirma Jardel.

Outras notícias