Garota é espancada por homem que a cantou após dizer que é lésbica

 Garota é espancada por homem que a cantou após dizer que é lésbica

Uma garota foi espancada por um homem na cidade de Cubatão após dizer que era lésbica. A estudante tem 17 anos de idade e recebeu uma cantada do agressor, mas foi agredida assim que deu sua resposta negativa.


A vítima foi arrastada e agredida com chutes e socos. O agressor disse que “pessoas como ela têm que morrer”. O caso aconteceu quando a vítima voltava para casa junto com algumas amigas depois de participarem de uma festa onde o agressor também estava, neste último domingo, dia 13/09.

O agressor ficou dando em cima da vítima por muito tempo mesmo com as negativas. Em um determinado momento ele puxou ela pelo cabelo para dar um beijo, foi quando ela disse que gostava de mulher.

Depois disso, o rapaz voltou para a mesa onde estava com os amigos dele, mas depois começou a passar por ela e dar cotoveladas. Ao sentir o clima pesado, a jovem foi embora com uma amiga, que ficou em casa antes da dela. Ao ficar sozinha, uma moto se aproximou e era o agressor, que a puxou pelo cabelo.

Durante as agressões o homem dizia a todo momento que ia matá-la e que Deus fez a mulher para ficar com o homem. A jovem gritou por ajuda e dois rapazes estavam por perto, mas eles dizem que era briga de marido e mulher. Ela disse que não conhecia o rapaz e foi aí que eles ajudaram.

Nesse momento o agressor subiu na moto e foi embora. Os dois outros rapazes acompanharam a vítima até à casa dela. O agressor tem entre 25 e 30 anos e não foi identificado. O caso vai ser registrado em uma delegacia local.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro.
Leia também: Supermercados começam a limitar compra de arroz e óleo de soja

Outras notícias