Gêmeas com seis meses dormem desde o nascimento e intrigam médicos no Pará

753

Duas irmãs gêmeas estão dormindo há seis meses em um caso que intriga a comunidade médica no sul do Pará. Desde que nasceram as duas meninas estão dormindo e não esboçam qualquer reação.

Os médicos dizem que o caso é “comatoso”, onde o paciente tem apenas alguns pouquíssimos reflexos e permanece em sono profundo. Ana Júlia e Ana Sofia estão respirando com ajuda de aparelhos e se alimentam por sonda.

A suspeita é que se trata de um caso de erro no metabolismo, quando o organismo não produz nada e nem organiza a formação das enzimas. O laboratório do hospital onde as meninas estão é bem equipado, mas insuficiente para tentar decifrar o mistério.

A mãe teve muitas dores durante a gestação e tinha miomas no útero. A barriga teve que ser aberta antes da hora para se saber o motivo das dores e foi constatada uma apendicite. As crianças nasceram com 8 meses e já sem reação de choro ou movimento.

Da Redação ODC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui