A restrição da entrada de estrangeiros no Brasil foi prorrogada por mais 30 dias, de acordo com decisão tomada pelo Governo Federal.

A medida já está valendo desde a última sexta-feira, dia 22/05 e vale para qualquer modal de chegada: aéreo, ferroviário, aquaviário ou rodoviário.

A proibição está valendo desde o dia 23 de março, quando a restrição inicial foi para pessoas que chegassem de outros países por meio de aviões e no mês seguinte foi atualizado para todos os modais.

A restrição não é aplicada às seguintes condições:

• brasileiro, nato ou naturalizado;
• imigrante com residência no Brasil de caráter definitivo, por prazo determinado ou indeterminado;
• profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional;
• passageiro em trânsito internacional, desde que não saia da área internacional do aeroporto e que o país de destino admita o seu ingresso;
• funcionário estrangeiro acreditado junto ao governo brasileiro;
• estrangeiro que seja: cônjuge, companheiro, filho, pai ou curador de brasileiro; pessoa com ingresso autorizado especificamente pelo governo brasileiro em vista do interesse público ou por questões humanitárias; portador de Registro Nacional Migratório.
• transporte de cargas.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Manifesto pede que praças de pedágio não sejam construídas na região de Piracicaba